No ninho, tucanos ‘mafagafeiam’ nacional e localmente pela disputa para 2018

Print Friendly, PDF & Email

Por Kleber Karpov

O deputado federal, Izalci de Lucas, pré-candidato ao governo do DF para 2018, deu posse à diretoria executiva do PSDB, na sede do diretório regional do DF, na condição de presidente do partido, na noite de segunda-feira (9/Out). No mesmo horário, em outro canto da cidade, a psdebista e ex-governadora do DF, Maria de Lourdes Abadia, em entrevista coletiva aos membros da Associação de Blogueiros de política do DF e Entorno (ABBP) criticava a ‘autoridade’ de Izalci Lucas.

Maria Abadia em entrevista coletiva com blogueiros da ABBP – Foto: Mario Lima

Maria de Lourdes acusou o colega de quebrar com um dos principais preceitos da legenda, praticar a democracia, entre outros motivos, por nomear parentes e amigos para coordenar a legenda, por forçar um ‘WO’ para presidir a legenda e, principalmente, por se auto proclamar, pré-candidato ao governo do DF, sem aval do colegiado local, à partir de costura de acordo com o presidente nacional, interino, do PSDB, Tasso Jereissati.

A ex-governadora foi além e, lamentou, o PSDB local comprometer a força do partido em decorrência do autoritarismo e da falta de habilidade política de costurar apoio dentro da legenda para uma possível candidatura ao Executivo, em 2018.

Pressionada sobre eventual apoio à gestão do governador do DF, o socialista, Rodrigo Rollemberg (PSB), Maria de Lourdes, preferiu atribuir, a decisão dos caminhos a serem percorridos pelo PSDB, aos resultados das convenções nacional e local.

Doria e Alckmin, prefeito e governador de SP – Foto: Reprodução Twitter.com

Nesse contexto, a ex-governadora, lamentou a crise institucional do partido, em decorrência de suposto envolvimento de Aécio Neves na lavajato, lembrou que disputas entre Geraldo Alckmin e João Dória, ‘criador e a criatura’, para a candidatura de 2018, além da indefinição de apoio do próprio PSB se para Ciro Gomes (PDT) ou Márcio França (PSB), no mesmo pleito, a impede de se posicionar um possível acordo à Rollemberg.

De volta ao DF, Maria de Lourdes, em demostração de força políticao, por estar acompanhada de um ‘staff’ de psdebistas, ponderou não ser opositora à candidatura de Izalci Lucas, desde que endossado em convenção do PSDB. Mas a ex-governadora, também criticou o colega por fazer ilações de eventual apoio à gestão Rollemberg, o que refutou veementemente.

A psdebista foi categórica em negar a existência de negociação ou conversa, sobre eventual composição para concorrer como vice-governadora, na tentativa de reeleição de Rollemberg. Por outro lado, Maria de Lurdes se posicionou de forma crítica em relação a falta de capacidade de gestão da equipe de governo, além da falta de habilidade de, o chefe do Executivo, em promover um governo em harmonia com o Legislativo.

As posições de Maria de Lourdes Abadia aos blogueiros da ABBP serviram de contraponto à outra coletiva. Na semana anterior, Izalci Lucas também foi sabatinado pela Entidade.

Izalci Lucas participa de entrevista coletiva com blogueiros da ABBP – Foto: Reprodução Portal ABBP

Na ocasião, Izalci Lucas foi categórico ao reafirmar que o PSDB, no DF, será protagonista e alçou o próprio nome como candidato do Partido ao Governo, segundo o psdebistas, chancelado por Tasso Jereissati.

A briga pelo protagonismo local, ‘mafagafada’ pela cúpula nacional do PSDB, recobra a outras ‘aventuranças dos WOs da vida’. Vale ressaltar que Maria de Lourdes Abadia lembrou dois episódios recentes, associados à puxões de tapete de Izalci Lucas.

O primeiro, na disputa pelo partido que resultou na saída do deputado distrital Raimundo Ribeiro, no PPS desde março de 2016. O segundo com o ex-peemedebista, Robério Negreiros, no PSDB há apenas um ano e meio na legenda.

Deputado distrital Robério Negreiros – Foto: Reprodução Radar-DF

Negreiros conseguiu obter decisão interlocutória, em caráter liminar, do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT), no final da tarde de segunda-feira (9/Out) que tornou sem efeito reunião extraordinária realizada, por Izalci Lucas, em 26 de setembro, da Comissão Executiva Regional Provisória do PSDB-DF, além de suspender a designação dos Diretórios Zonais Provisórios.

Decisão essas deferida cerca de duas horas antes, de o deputado federal dar posse à nova diretoria executiva e Maria de Lourdes apontar a tentativa do segundo WO do deputado federal, o que na opinião de Negreiros deve isolar Izalci Lucas no partido.

Negreiros ressalva não ter objetivo de afrontar o partido, mas defender que se cumpra as decisões, pautadas no regimento do PSDB. O parlamentar também critica a falta de habilidade de Izalci Lucas, de unir o partido e enfrentar as eleições zonais e diretório do DF, conforme reza a resolução nacional, além de lembrar que, na legenda, o DF foi o único estado da federação, a ter intervenção nacional.

1

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário