15.5 C
Brasília
24 maio 2024 10:12


Dia de festa na Casa da Mulher Brasileira para celebrar 3 anos de atuação

A comemoração contou com música, atendimentos de saúde e beleza para as mulheres

A Casa da Mulher Brasileira de Ceilândia, administrada pela Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF), abriu as portas para celebrar seus três anos de existência, completados na última segunda-feira (22). A comemoração, nesta quinta-feira (25), contou com uma programação especial que inspirou a todos os presentes. O evento, que teve a presença de autoridades locais, parceiros e mulheres atendidas pela instituição, foi marcado por depoimentos emocionantes e atendimentos gratuitos de saúde e embelezamento.

Localizada em Ceilândia, a Casa da Mulher Brasileira é um espaço que oferece acolhimento e atendimento humanizado para mulheres em situação de violência. A vice-governadora Celina Leão reforçou o compromisso do GDF com o público feminino: “As mulheres têm a Casa como referência de apoio e suporte para que elas possam buscar aquilo que é nossa meta: o combate total à violência contra as mulheres. Ainda temos um caminho grande pela frente. Mas, quando a mulher se sente acolhida, nós sabemos que o governo está fazendo o trabalho de forma correta”, disse.

A secretária da Mulher, Giselle Ferreira, destacou que, ao longo dos três anos de atividade, a instituição realizou cerca de 24 mil atendimentos. “A Casa é a Lei Maria da Penha aplicada na prática. É a proteção da mulher integralmente. Esse espaço está contribuindo para o enfrentamento à violência, capacitação e promoção das mulheres de todo o DF. Uma política pública assertiva que vai, cada vez mais, levar acolhimento para aquelas que mais precisam, de forma transversal”, reforçou.

Durante a comemoração, mulheres que passaram pela Casa compartilharam suas histórias de superação e transformação. Os depoimentos emocionantes ressaltaram a importância do espaço como um lugar de acolhimento e empoderamento, onde encontraram apoio para reconstruir suas vidas. Jessica Lima, de 32 anos, conheceu a instituição por meio dos cursos de capacitação ofertados na unidade. “Eu estava em um momento da minha vida em que precisava me encontrar e a Casa da Mulher Brasileira foi fundamental para me dar esperança. Me formei, conheci pessoas e histórias fantásticas. Agora, quero voltar podendo dar aulas para outras mulheres”, concluiu.

As mulheres presentes puderam desfrutar de momentos de cuidado, ressaltando a importância da autoestima no processo de empoderamento feminino. Além dos depoimentos, o evento também ofereceu um dia de embelezamento, com serviços de cabelo e design de sobrancelha, e contou com atendimentos de saúde como exames de IST, autoexame de mama e vacinação. Também marcaram presença a senadora da República, Damares Alves, a representante do Ministério das Mulheres, Maura Sousa, o administrador regional de Ceilândia, Dilson Almeida, e o secretário de Projetos Especiais, Jorge Azevedo.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever