Emergência da Unidade de Queimados do HRAN atendeu 1,3 mil pessoas até agosto

No mesmo período, 452 pessoas foram hospitalizadas

33
Print Friendly, PDF & Email

A Unidade de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte é referência nesse tipo de atendimento para todo o Centro-Oeste brasileiro. Embora o Hran tenha se tornado, em março, referência no atendimento de casos da Covid-19 no DF, a ala destinada a atender os pacientes com queimaduras não deixou de funcionar. Houve um leve aumento no número de internações neste ano quando comparado com o ano passado. No entanto, teve redução no número de consultas no pronto-socorro.

Os dados são de janeiro a agosto e apontam que, em 2020, a unidade realizou 1.288 consultas de emergência e 452 hospitalizações. No mesmo período do ano passado, foram 358 hospitalizações e 1.646 consultas de emergência.

Covid-19

Tomando todos os cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus, o atendimento a pacientes com queimaduras continua acontecendo normalmente. Em caso de emergência, o cidadão deve procurar o pronto-socorro do Hran onde será atendido, avaliado e internado, caso seja necessário, ou acompanhado pela equipe do ambulatório. Os pacientes internados recebem o tratamento no terceiro andar.

Quando se fala em queimaduras, todo cuidado é pouco. A prevenção é a melhor forma de evitar acidentes e a ida ao pronto-socorro. Medidas simples e práticas podem ser tomadas, ainda dentro de casa. Nesse período em que as aulas estão suspensas, os cuidados com as crianças devem ser redobrados, como:

Outras medidas eficazes são:

– Ao usar velas, manter longe de objetos inflamáveis, como cortinas;
– Desligar os eletrodomésticos e eletrônicos da tomada antes de sair de casa;
– Evitar tomar sol das 10h às 16h.

Em caso de acidente, a orientação é ir direto para o pronto-socorro e não tocar na área queimada. Também não é recomendado furar as bolhas que surgirem na pele e não usar produtos domésticos para tratar a queimadura.

A Emergência do Hran funciona 24 horas, todos os dias da semana. Além disso, tem o ambulatório de portas abertas, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, onde são realizadas trocas de curativos e acompanhamento de pacientes com queimaduras menos graves.