Núcleo de Testagem e Aconselhamento da Rodoviária fez 30,3 mil atendimentos neste ano

Unidade oferece consultas e testes para infecções sexualmente transmissíveis

23
Print Friendly, PDF & Email

O Núcleo de Testagem e Aconselhamento (NTA) da Rodoviária do Plano Piloto realizou neste ano 30.311 atendimentos até setembro. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus a unidade continuou em funcionamento, fazendo testes de sangue para detectar HIV, sífilis, hepatite B e C e demais infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), além de prestar orientações à população.

Ao todo, 23.948 testes foram aplicados no núcleo. Quando os pacientes chegam, passam por uma triagem e se não apresentarem nenhum sintoma da Covid-19 são encaminhados para fazer a ficha de cadastro e a testagem dentro da unidade. Os procedimentos levam aproximadamente 30 minutos para apresentarem o resultado, mais o tempo necessário para o aconselhamento feito pela equipe de saúde.

“O aconselhamento é nosso carro-chefe, sendo feito individualmente por um de nossos profissionais. Neste momento, utilizamos um questionário simples, mas que nos fornece informações importantes sobre o comportamento desse paciente. Baseado nas respostas, conduzimos uma conversa que envolve todos os aspectos que podem levar o indivíduo a se contaminar, a exemplo do uso de álcool e drogas”, explicou o chefe do NTA, Gilmar Decaria.

Caso o paciente prefira, o núcleo também disponibiliza o autoteste para a pessoa aplicar na própria casa. “Se eles sentirem vergonha por alguma razão, é oferecida essa possibilidade. O teste é fácil de ser aplicado, precisando apenas de um furo no dedo para colher sangue”, informou o gestor.

núcleo conta ainda com uma estrutura clínica de saúde voltada à prevenção e aos tratamentos de pessoas do gênero masculino, heteros ou homossexuais, que somaram 6.250 atendimentos neste ano.

“O serviço voltado à Saúde do Homem envolve desde complicações em decorrência das ISTs a questões como impotência, ejaculação precoce, problemas nos testículos, entre outros. Há um atendimento médico para esses casos”, afirmou o chefe do NTA.

Além disso, a unidade também realiza a tratamento para o Papilomavírus Humano (HPV) e para a gonorreia, que demandam mais tempo. No caso do vírus HIV, o núcleo fornece alguns tratamentos de Profilaxia Pós-Exposição (PEP), onde o paciente tem até 72 horas após a exposição ao vírus (relação sexual sem proteção) para retirá-lo do seu organismo sem desenvolver alguma enfermidade. Até setembro, 113 pacientes passaram por esses serviços.


Pandemia

Durante a pandemia, o núcleo precisou adaptar o local para garantir a segurança dos serviços. Ao chegar, o paciente é triado do lado de fora da unidade, onde a temperatura é aferida e, de cinco em cinco, eles são recebidos na sala de espera com assentos alternados, para que um espaço de 2 metros de distância seja respeitado.

Só é permitida a entrada dos que estejam de máscara e toda a equipe médica atende devidamente paramentada. Um por vez, os pacientes são testados e, após o resultado, encaminhados para a consulta de aconselhamento.

De acordo com o chefe do NTA, todas as medidas foram tomadas para que os atendimentos continuassem nesse período. “Com a pandemia o movimento caiu, mas não paramos nenhum dia sequer”, ressaltou.

Segundo Gilmar, no início do isolamento, em que estava frio e chovendo muito, a procura pelo serviço era bem pequena. O atendimento normalmente era de 70 pessoas. Agora, está entre 20 a 25 atendimentos por dia.

Funcionamento

O NTA funciona no mezanino da Rodoviária do Plano Piloto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h. Se desejar, o paciente pode fazer o aconselhamento sem se identificar.

Atualmente a equipe é formada por 15 profissionais. Sendo dois médicos, um atendendo pacientes que necessitam fazer a Profilaxia Pós-Exposição, e uma que trabalha com a Saúde do Homem, tratando pacientes com HPV e demais ISTs. O restante da equipe é formado por enfermeiras, técnicas de enfermagem e o chefe do núcleo.

Além do NTA, os testes para detectar HIV, sífilis, hepatite B e C e demais ISTs também podem ser feitos nas unidades básicas de saúde do DF, no Hospital Dia e na Policlínica de Taguatinga.