O Plantonista 12/Mar/2020

134
Print Friendly, PDF & Email
  Da fantasia à realidade
Quem teve que acordar e adequar o discurso, foi o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Após sugerir que o impacto do coronavírus se tratava de “uma pequena crise”, que era mais uma “fantasia”, nesta quinta-feira (12/Mar), em uma live, o presidente apareceu com máscara ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Isso após a suspeita de contaminação, após viajar para os Estados Unidos com o secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, que teve resultado positivo para o Covid-19.
A boa notícia, o chefe do Executivo percebeu que o coronavírus é algo a ser levado a sério.

Precaução ainda é o melhor remédio: “Não somos a China, que fez três hospitais em 10 dias”, afirma Ibaneis
Com uma série de medidas anunciadas para tentar conter danos que possam ser causados com uma eventual expansão de casos de coronavírus no DF, em entrevista à rádio CBN (12/Mar), o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), fez questão de deixar claro, as dificuldades enfrentadas na saúde pública e privada no DF e no país.
“Se chegarmos a um número excessivo, teremos dificuldades. Não somos a China, que fez três hospitais em 10 dias. A necessidade de se redobrar os cuidados é muito grande, não podemos chegar ao ponto de transformar isso em pandemia local”, disparou.

Júlia Lucy: tosse, bulling e coronavírus? 
Quem acompanhou a sessão ordinária da Câmara Legislativa do DF (CLDF)(11/Mar), se perguntou: Será que a deputada Júlia Lucy (NOVO-DF), pegou coronavírus?
Durante a sessão, a deputada colocou uma máscara de proteção, e fez questão de explicar a cena, que se tratava de uma crise de tosse. Em tom de brincadeira a parlamentar até mencionou que passou por um certo bulling. Mas, podem ficar tranquilos, Julia Lucy fez questão de deixar claro que a tosse não se tratava de infecção pelo Covid-19.

O perigo do espirro

Com o tema coronavírus em voga, o deputado distrital, Jorge Vianna (PODEMOS-DF), chamou atenção para um detalhe importante. Durante o tempo de espera de um paciente eventualmente com coronavírus, até que haja atendimento efetivo de um médico, pacientes e  profissionais de saúde podem ser contaminados. O vilão, o espirro, que pode lançar gotículas carregadas do vírus a uma boa distância. O que levou Vianna a cobrar Equipamentos de Segurança Individual (EPI), aos servidores da Saúde.
Por curiosidade, publicação de especialistas da Virginia Polytechnic Institute and State University, dos Estados Unidos (2011), apontam quem uma tosse, pode liberar cerca de 3 mil partículas da saliva, a uma velocidade média de 22 metros por segundo. Um espirro, por sua vez, libera 40 mil, e pode alcançar, aproximadamente, 45 metros por segundo.

Quem com ferro fere ou pimenta no c…

A deputada federal, Joice Hasselman (PSL-SP), foi lembrada no microblog Twitter, por postar crítica a ataques nas redes sociais realizadas por grupos bolsonaristas, em que repudia tal atitude contra alguém enfermo e ainda mulher.
O X da questão é que a parlamentar foi confrontada com um vídeo em que a própria Joice Hasselman, dispara uma série de adjetivos, contra a então ex-primeira dama, Maria Letícia. A legenda “O vídeo abaixo é dela massacrando Marisa Letícia na UTI vítima de AVC. (Confira)”. Boa recuperação à deputada.