CLDF realiza 1º seminário do orgulho LGBTI

56


Print Friendly, PDF & Email

Promoção dos direitos e da cidadania LGBTI estão na pauta do evento que acontece na próxima segunda-feira (24)

Considerado marco internacional da luta LGBTI+, o Levante de Stonewall completou 50 anos. Com o objetivo de celebrar a data e de apontar caminhos para a promoção da cidadania de gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transgêneros e interssexuais, a Câmara Legislativa do DF vai realizar o 1º seminário com foco nessa temática. Intitulado “Memória, Verdade e Justiça: 50 anos de luta LGBTI+”, o encontro é organizado pelos deputados Distritais Fábio Felix, Arlete Sampaio e Chico Vigilante.

O seminário vai contar com a participação de ativistas, parlamentares, juristas e representantes de organizações de defesa dos Direitos Humanos. O deputado Federal David Miranda, a deputada Estadual Érica Malunguinho – primeira trans da história da Assembleia Legislativa de São Paulo – e o ator e diretor Alexandre Ribondi estarão presentes.

A programação inclui mesas temáticas, apresentações culturais e debates. O encontro terá início às 14h, no auditório da CLDF, com abertura oficial e saudação das autoridades presentes. Em seguida, terá início o painel sobre os desafios do Distrito Federal no que diz respeito à temática LGBTI+. Finalizando a rodada de debates, serão relembradas as principais lutas do movimento, da Ditadura aos dias atuais.

Para o presidente da Comissão de Direitos Humanos e primeiro parlamentar assumidamente gay a ocupar uma cadeira na CLDF, Fábio Felix, apesar de conquistas importantes nestes 50 anos, ainda é preciso avançar muito para a garantia de direitos. “Sequer os direitos fundamentais da população LGBTI são respeitados. Nós ainda estamos lutando para não morrer! O Brasil lidera os rankings de intolerância e de violência contra LGBTs. Nossas vidas importam e precisamos implementar políticas públicas que nos garantam dignidade e segurança”, destacou.

Publicidade

Beijaço e cores da bandeira LGBTI no Congresso

A Câmara Federal também terá programação LGBTI+. As atividades começam no dia 24 de junho, às 11h, com sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães. Na ocasião, será realizada homenagem ao Cinquentenário do Levante de Stonewall. Às 19h30 do mesmo dia, o Congresso Nacional receberá as cores das bandeiras LGBTI e sediará um beijaço. No dia 25, às 10h, acontecerá o 16º Seminário LGBTI+ do Congresso Nacional. O encontro vai ser no Auditório Nereu Ramos e também tem como foco o marco da luta pelos direitos civis. O cronograma de atividades inaugura uma parceria com a Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Fonte: Ascom Fábio Félix