26.5 C
Brasília
18 maio 2024 17:45


Núcleo Regional de Atenção Domiciliar do HRSM promove primeiro encontro de cuidadores

Finalidade foi orientar sobre o manejo clínico correto dos pacientes e trocar experiências

Cuidar de quem cuida, esta foi a motivação da equipe do Núcleo Regional de Atenção Domiciliar (NURAD) do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) ao promover, nesta quinta-feira (25), o Primeiro Encontro de Cuidadores. O tema abordado foi o Manejo Clínico com o Paciente.
“Nosso objetivo é sanar as dúvidas que os cuidadores e familiares possuem em situações comuns de cuidados, a fim de diminuir as dificuldades do cuidar. Além disso, ofertarmos um ambiente para a formação de uma rede de apoio, já que todos aqui passam por situações bem parecidas no dia a dia”, explica a chefe do Serviço do NURAD, Maiara Cosme.
O encontro começou com uma dinâmica de quebra-gelo. Depois foi feita uma apresentação com instruções sobre manuseio de sondas de alimentação, aspiração, mudança de decúbito do paciente e higienização correta das mãos. Após, foi realizada uma automassagem ministrada por uma terapeuta ocupacional. E por último, foi servido um delicioso coffee break para os cuidadores.
“Este encontro é importante para reforçar este cuidado com os cuidadores, tirar um pouco eles da rotina de cuidar de pacientes, que é bem pesada e muitos, vivem só para o paciente. Então, foi algo pra eles se organizarem, virem até o hospital e sentirem que estamos cuidando deles também, porque assim eles olham pra eles, conhecem outros cuidadores e dividem experiências”, informa.
Segundo Maiara, a pretensão do NURAD é fazer outros encontros, sendo cada um com um objetivo e temática diferentes. “Queremos reforçar algumas técnicas e ajudá-los cada vez mais nesta rotina de cuidados”, afirma. Atualmente, são 33 pacientes atendidos pela equipe do NURAD do HRSM.

Percepção

Luana Bandeira é a cuidadora do pai, Luiz Ivan Bandeira, de 59 anos, que ficou acamado após sofrer um AVC, e ela adorou a ideia de reunir todos os cuidadores juntos em um encontro.
“Há um ano meu pai é acompanhado pela equipe do NURAD e desde então, recebemos toda a assistência técnica do cuidado, o olhar clínico e profissional deles. Desde então, facilitou muito nossa vida, inclusive no momento de sair com ele, porque a equipe ajuda a providenciar o transporte próprio. São todos muito atenciosos e cuidadosos, até para explicar a situação pra mim e pros outros familiares que já são idosos e mais difíceis de lidar”, relata.
Rita de Cássia Figueiredo é cuidadora do filho, Cícero Figueiredo, de 35 anos, desde quando ele nasceu, pois ele teve complicações no parto e diversas sequelas. Ela também adorou a iniciativa do encontro.
“É uma equipe extremamente atenciosa. Meu filho é muito bem assistido, e depois que ele passou a utilizar o oxigênio 24h temos que ter ainda mais cuidados com ele. Só tenho a agradecer pelo trabalho de todos aqui e por este momento tão bom”, agradece.

Como se inscrever:

Para se inscrever, o paciente deve apresentar o perfil de média complexidade domiciliar e ser classificado na modalidade AD2 ou AD3. Essa classificação é feita através do preenchimento do Formulário de Avaliação para Atenção Domiciliar (FAAD), que pode ser realizado pela equipe médica durante a internação hospitalar ou pela Unidade Básica de Saúde (UBS).
Caso o paciente não seja encaminhado pela Rede de Atenção à Saúde (RAS), os cuidadores têm a opção de procurar o NURAD, localizado no HRSM, pessoalmente e preencher uma ficha de solicitação de avaliação.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever