Trabalhadores do Hospital Daher são homenageados por atuação durante a pandemia

Delmasso ressaltou a contribuição para reduzir o número de óbitos no Distrito Federal: "Esses números só não são maiores pelo trabalho de vocês, porque cada um e cada uma honrou o diploma que tem"

A Câmara Legislativa do Distrito Federal iniciou a semana com uma solenidade de homenagem aos serviços prestados pelo Hospital Daher durante a pandemia de Covid-19. Trabalhadores e gestores daquele centro hospitalar, localizado no Lago Sul, receberam moções de louvor das mãos do vice-presidente da Casa, deputado Delmasso (Republicanos), na manhã desta segunda-feira (27).

O distrital agradeceu “o empenho, a coragem e o compromisso” dos funcionários ao longo dos mais de dois anos de pandemia, em especial nos períodos mais críticos. “No DF, foram registrados 792 mil casos, e mais de 11 mil não resistiram. Esses números só não são maiores pelo trabalho de vocês, porque cada um e cada uma honrou o diploma que tem”, apontou. Delmasso elogiou, ainda, o papel dos homenageados no combate à desinformação e às fakenews, e aproveitou para defender a importância da vacinação para “vencer o vírus”.

“Há dois anos e oito meses, a Organização Mundial da Saúde foi alertada sobre casos de pneumonia em Wuhan, na China; e, em março de 2020, foi declarada a pandemia de coronavírus. Incógnita era o termo que traduzia o que nos esperava”, lembrou o diretor médico do Hospital Daher Lago Sul, Juracy Cavalcante. Ele classificou os mais de 1,5 mil colaboradores da unidade hospitalar como “guerreiros” e emendou, dirigindo-se aos presentes na solenidade: “Vocês se dedicaram a preservar o maior número de vidas. Sou grato e fico honrado por ter trabalhado com vocês”.

Publicidade

Representando o fundador do hospital, José Carlos Daher, a superintendente do Daher Lago Sul, Maria de Lourdes da Silva, agradeceu a homenagem da CLDF: “Estou profundamente honrada e sensibilizada com a homenagem. Reafirmo nossa incondicional disponibilidade e atenção à saúde da população, bem como nossa gratidão a todos que se ombrearam conosco nas duras batalhas travadas desde o início de 2020, por conta da pandemia”. E completou: “Apesar de todas as dificuldades, nos sentimos vitoriosos”.

O diretor-técnico do Daher, José Wilson Bomfim, reforçou o sentimento de “gratidão” aos trabalhadores que atuaram e atuam na linha de frente, prestando assistência direta aos pacientes do hospital. Na mesma linha, a diretora financeira, Sônia Maria Pereira, disse: “Agradeço por cuidarem dos pacientes e uns dos outros. É uma luta diária e salvaram muitas vidas”.

Coordenadora do CLDF Saúde/Fascal, Vanessa Malafaia também registrou seu agradecimento à equipe do Daher: “Sempre nos atenderam e nos ajudaram a enfrentar esse desafio, mesmo sabendo que poderia custar suas próprias vidas. Foram guerreiros e heróis”.

Além do Hospital Daher, o deputado Delmasso apresentou propostas de moções de louvor para servidores da rede pública de Saúde, profissionais do grupo Sabin e funcionários da Rede D’Or que atuaram no combate à pandemia de Covid-19.

FONTEAgência CLDF
Artigo anteriorFarmácias e unidades de saúde são pontos de descarte de remédios vencidos
Próximo artigoProjeto fixa prazo de 180 dias para a realização de reversão de ostomia no SUS