Deputada Celina Leão se posiciona contrária a PEC 32 da reforma administrativa

Manifestação é comemorada pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público

213
Print Friendly, PDF & Email

Por Kleber Karpov

A deputada federal Celina Leão (PP-DF) se posicionou, da quarta-feira (25/Ago), contrária a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, da reforma administrativa, e em apoio ao funcionalismo público. Para a parlamentar, o ônus da situação do país, não deve ser imputado aos servidores públicos.

“Vou votar contra a PEC 32 pois os servidores públicos têm um papel extremamente importante para o estado, para atender as diversas demandas da população e, principalmente, por zelar da coisa pública. Estou em meu terceiro mandato e acompanho de perto, a garra e a luta dos servidores públicos para prestar um bom serviço e atender a população, mesmo com todas as dificuldades, de falta de estrutura no ambiente de trabalho ou de baixos salários. Eles estão lá, dando o sangue para garantir o atendimento à população e não devem ser responsabilizados pelos problemas do país.”, disse Celina Leão.

Publicidade

Comemoração

Fonte: Frente Parlamentar Mista do Serviço Público

Com forte mobilização nas redes sociais e em ações voltadas em demostrar os riscos da PEC 32 ao funcionalismo público, o posicionamento de Celina Leão foi comemorado pala Frente Parlamentar Mista do Serviço Público.

“Avançamos! Com o trabalho que está sendo realizado pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público em parceria com as centrais sindicais, entidades de classe e a sociedade civil, pressionando os parlamentares indecisos, conquistamos mais um voto contrário à PEC 32/20, que traz retrocessos para os serviços públicos e para a população brasileira. Agradecemos o apoio da deputada federal @celinaleao (PP-DF), que manifestou publicamente sua oposição à matéria. O povo não irá esquecer quem foi contra a Deforma do Estado! Conte conosco em 2022!”, publicou na rede social Instagram.

Artigo anteriorComo a internet revolucionou o mundo das apostas
Próximo artigoOsnei Okumoto deixa Secretaria de Saúde e adjunto assume comando da pasta