Profissionais da Educação do DF começam a serem imunizados contra a covid-19

Trabalhadores de creches públicas e privadas receberam a primeira dose na UBS 1 do Guará, referência para a categoria

29
Print Friendly, PDF & Email

Começou, nesta sexta-feira (21), a vacinação contra covid-19 para os professores e trabalhadores de creches públicas e privadas do Distrito Federal. A Unidade Básica de Saúde 1 (UBS 1) do Guará foi o local escolhido para ser o posto de referência para os profissionais da categoria.

“Com a vacina, poderemos reabrir as creches e escolas gradativamente, com a segurança necessária”Paco Britto, vice-governador

“A UBS 1 do Guará manteve a vacinação de quem estava agendado para esta unidade, além de atender a livre demanda de D1 e D2 e aplicar a vacina contra influenza”, explicou a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Flávia Costa. “A equipe é grande, e, se precisar, vamos remanejar mais servidores para atender a vacinação dos professores. Além disso, a UBS 2 do Guará se tornou ponto de vacinação contra a influenza”.

A UBS 1 do Guará está funcionando como ponto de imunização misto, com atendimento tanto no formato drive-thru quanto para pedestres. Estiveram no local, o vice-governador, Paco Brito, e o secretário de Educação, Leandro Cruz.

Publicidade

“Os professores podem e devem ser vacinados”, destacou Paco Britto. “Com a vacina, poderemos reabrir as creches e escolas gradativamente, com a segurança necessária. Esse é um trabalho incansável do nosso governador Ibaneis Rocha em prol da população.”

Conquista para todos

Monitora de uma creche do Recanto das Emas, Maria Luiza Barros comemorou: “Esta vacina representa uma vitória, uma grande conquista para todos nós da Educação. Eu perdi alguns amigos para essa doença, e poder vacinar é maravilhoso. Com isso, logo poderemos voltar às aulas presenciais. Hoje, muitos pais estão precisando do nosso trabalho”.

A professora do Centro de Ensino Infantil 6 de Taguatinga Mikaellen de Almeida se disse esperançosa de que a imunização chegue logo para toda a população e declarou: “Estou muito feliz e grata por receber a primeira dose da vacina contra a covid. Torço para que as aulas voltem logo e possamos viver um novo normal em breve”.

Claudimara Alarcão, auxiliar de limpeza em uma creche da Fercal, também celebrou ter recebido a vacina. “Perdi a minha mãe para a covid-19; infelizmente ela não teve a chance que estou tendo hoje”, relatou. Para ela, esta sexta-feira é um dia de vitória e alegria.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorGDF em Ação: Licitação para viaduto do Riacho Fundo é agendada
Próximo artigoSegurança estuda sistema único de registro de ocorrências