Filho do dono de filiada da Globo morre por Covid-19 mesmo com uso de cloroquina

2089
Print Friendly, PDF & Email

Paciente chegou a fazer uso da cloroquina e apresentou uma leve melhora, mas sofreu parada cardíaca e veio a óbito

O publicitário Mateus Zerbone Carlos, de 34 anos, morreu no dia 30 de março em decorrência de uma pneumonia. No entanto, foi feito o teste para coronavírus e o resultado, que confirmou a doença, saiu apenas nessa quarta-feira, nove dias após a cremação do corpo.

Zerbone era filho do empresário Eduardo Carlos, presidente da Rede Paraíba de Comunicação, afiliada da Rede Globo no estado. O jovem estava internado em um dos melhores hospitais de João Pessoa, o Clementino Fraga.

Publicidade

Os sintomas da doença começaram no dia 25 de março. O publicitário sentiu febre, além de apresentar tosse. Ao enfrentar dificuldades para respirar, Zerbone foi ao hospital e precisou ser internado. Após ter o quadro clínico agravado, ele precisou ser entubado. Na sexta-feira dia 27, ele começou a fazer tratamento com cloroquina. No domingo, apresentou uma leve melhora e chegou a dar esperança à família. No entanto, na segunda-feira, ele sofreu uma parada cardíaca e veio a óbito.

Zerbone é mais uma das 800 vítimas da Covid-19 no Brasil, onde cerca de 11% dos óbitos, em decorrência da doença, são de pessoas com menos de 60 anos.

Fonte: Jornal de Brasília

Artigo anteriorHomem morre ao se automedicar com cloroquina, para aquário, para curar covid-19
Próximo artigoOrquestra Sinfônica homenageia profissionais da saúde