Detran-DF inicia testes com novo tipo de drogômetro

122


Print Friendly, PDF & Email

Teste é realizado a partir da saliva e será aplicado em caráter educativo, sem custo para o órgão

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) iniciou, na noite desta quarta-feira (4), os testes de mais um modelo de drogômetro. Os equipamentos estão sendo utilizados na Operação Boas Festas, lançada no domingo (1º) pelo departamento, e estarão presentes nas ações até o final do mês.

Diferentemente do primeiro tipo de aparelho testado pelo órgão, em agosto deste ano, que atestava o consumo de drogas através do suor e coleta da impressão digital, o modelo em teste é capaz de indicar a presença de até oito classes de substâncias psicoativas pela saliva.

Os condutores são convidados a realizar o teste em caráter educativo. A pessoa move a parte superior do coletor levemente para trás e para frente entre a bochecha e a gengiva, até que o indicador integrado informe a conclusão da coleta mediante uma descoloração azul.

A detecção do eventual uso de drogas começa imediatamente depois da coleta da amostra de saliva. O resultado será exibido no aparelho depois de aproximadamente oito minutos.

Publicidade

O Detran-DF está realizando os testes a convite da fabricante Dräger; portanto, o custo é zero para o órgão. Para o coordenador de Policiamento e Fiscalização da Região Metropolitana, Wesley Cavalcante, este é um ótimo reforço à Operação Boas Festas.

“É um bom momento para testarmos esta tecnologia aqui no Distrito Federal, pois estamos atuando fortemente para retirar das vias os condutores que colocam em risco a segurança no trânsito”, enfatiza o coordenador.

Estatísticas
Segundo levantamento do Detran-DF, que considerou os exames realizados em vítimas fatais de acidentes de trânsito, das 280 pessoas que morreram em 2018, 133 haviam consumido álcool ou droga (48%).

A partir dos dados do Instituto Médico Legal (IML), foi possível constatar que 49 vítimas fatais haviam consumido somente álcool, 49 utilizaram drogas e 35 apresentaram resultado simultâneo para álcool e drogas.


As substâncias que podem ser detectadas

Anfetaminas
Benzodiazepinas
Delta-9-tetra-hidrocanabinol (THC (cannabis))
Cocaína
Metanfetaminas
Opiáceos
Metadona
Cetamina

Acesse o vídeo do teste do equipamento durante operação do Detran-DF:

* Com informações do Detran-DF

Fonte: Agência Brasília