Pacientes da Secretaria de Saúde que precisam de hemodiálise podem ficar sem atendimento

Print Friendly, PDF & Email

Cerca de 1000 pacientes podem ser afetados com a  falta do procedimento nas clínicas particulares

Na quinta-feira (13/Ago) o blog Política Distrital recebeu denúncia de fonte que prefere não ser identificada, que as clínicas que atendem pacientes que necessitam de hemodiálise, podem suspender o atendimento por atrasos de pagamentos. Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) nega que haja atrasos, mas Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Saúde (ABCDT) reafirma dívida.

De acordo com a fonte, o atendimento aos pacientes foi suspenso por algumas clínicas de hemodiálise e deve se intensificar a partir de segunda-feira (17/Ago).  “Os recursos foram repassados pelo Ministério da Saúde (MS) para pagamento das clínicas de Hemodiálise relativo aos meses de Abril, Maio e Junho, porém as empresas que fornecem o serviço estão com os pagamentos em atraso.”, afirmou.

Publicidade

A SES-DF em nota à Política Distrital afirma, por meio da Assessoria de Comunicação (ASCOM): “Todas as clínicas conveniadas que prestam serviços de nefrologia, com contrato regular, já receberam os valores até o mês de junho. As clínicas que estão com contrato vencido, mas que prestaram atendimento, aguardam pagamento da verba de forma indenizatória. Ou seja: a empresa apresenta todas as notas fiscais, elas são auditadas e, estando tudo dentro dos padrões, a secretaria realiza o pagamento. Esse procedimento, porém, é um pouco mais demorado justamente por causa da auditoria.”

Secretaria afirma ter efetuado pagamento

A informação da SES-DF no entanto é questionada pela ABCDT que representa  oito clínicas de hemodiálise conveniadas à Secretaria questiona os atrasos por parte da SES e reafirma que há pendência quanto aso pagamentos. Ainda de acordo com a SES-DF, de janeiro até agosto, já foram repassados R$ 9,9 milhões para as clínicas de nefrologia conveniadas.

Associação nega

Em nota ao Política Distrital a ABCDT, que representa oito clínicas de hemodiálise conveniadas à SES no DF, reafirma e questiona os atrasos: “O Ministério da Saúde liberou, em 31 de julho, o pagamento referente aos serviços prestados no mês de junho. E no dia 03 de agosto a Secretaria do GDF repassou aos prestadores o recurso referente aos serviços prestados em maio de 2015. Ou seja, a Secretaria está usando o recurso do mês atual para pagar o anterior. Vale ressaltar que esta é uma verba carimbada e destinada exclusivamente para o tratamento da Terapia Renal Substitutiva. Mas infelizmente, a Secretaria vem usando este recurso para outros fins não identificados.”

Transparência

Em meio ao impasse o Blog consultou o portal Siga Brasília, do GDF, em que é possível constatar que de fato a SES-DF tem realizado pagamentos, R$ 10 milhões, no entanto, os últimos meses pagos, de acordo com o portal de transparência do GDF, em grande maioria são relativos, no máximo, ao mês de maio deste ano.

Alerta

As empresas atendem atualmente cerca de 1000 pacientes e outros 100 aguardam atendimento por parte da SES-DF. Segundo a ABCDT, cerca de 200 pacientes deixaram de serem atendidos e as clínicas particulares prometem parar nesta semana, caso não recebam os valores em atraso.

Artigo anteriorMédico propõe método para promover saúde e prevenir doenças
Próximo artigoCâmara aprova, por unanimidade, projeto de Rosso que inclui 13 novos municípios na RIDE