Saúde no DF: Dois receituários, uma médica e duas assinaturas?

189
Print Friendly, PDF & Email

Pacientes já não aguentam mais o descaso do governo com a saúde no Distrito Federal. Nem vacina tem disponível. E pior, possivelmente médica assina por outra que deveria estar no plantão

Por Tenente Poliglota

O dia 09/04 foi mais um dia de cão para os pacientes que dependem da saúde pública do Distrito Federal. Até o DF Record anunciou em seu programa. E eu e minha esposa fomos testemunha ocular do descaso.

Sem médicos para atendimento e com a H1N1, Dengue, Zika Vírus e chikungunya à solta o desespero tomou conta de pacientes que procuraram os hospitais.

O Hospital do Guará e a UPA do Núcleo Bandeirante não tinham médicos para atendimento no dia 09. Os pacientes, todos assustados e em estado de alerta com as epidemias, tiveram que recorrer ao Posto de Saúde do Núcleo Bandeirante que com apenas um médico teve que se rebolar. Os sintomas, segundo pacientes ouvidos pelo blog, levavam a todas as ameaças.

“Fui ao hospital do Guará e não tinha médico. Me desloquei para o hospital da Ceilândia e estava completamente lotado, aí resolvi vir para o Posto do Núcleo Bandeirante onde os que conseguiram fazer a ficha serão atendidos, já que aqui acaba o atendimento às 23:00 horas”, disse um paciente. Já outro paciente peregrino afirmou “comecei a sentir febre alta desde ontem de madrugada, com dores no corpo e meus olhos ficaram vermelhos. Desesperei-me, estou tremendamente assustado”.

Publicidade

Uma denúncia grave constatamos durante o período de reportagem: Assim que os pacientes chegavam eram avisados de que só haveria atendimento para 40 pacientes, quando na verdade o período de trabalho dos médicos era de 19:00 às 23:00 horas e não com limitação e pacientes. Detectamos dois receituários médicos de um paciente que preservamos a identidade que, aparentemente, parece ter sido assinado por uma única médica (já que as letras são praticamente idênticas) já que só havia um profissional no plantão, porém com nomes diferentes. Ou seja, quando deveria ter DOIS médicos no atendimento havia apenas um que possivelmente estava assinando pelos dois que deveriam estar no plantão (isso é crime de falsidade ideológica). Um acobertando o outro!

O Blog entrou em contato com a Secretaria de Saúde pedindo esclarecimentos, e segundo a Assessoria de Comunicação Social da SES, via e-mail, foi: ” A gerência do Centro de Saúde nº 2 do Núcleo Bandeirante esclarece que uma folha do bloco de receituários comuns havia sido carimbada para uso, porém não foi utilizada. A profissional do plantão seguinte utilizou a folha, mas não percebeu o carimbo”. A gerência informa que novos receituários foram enviados para a unidade”. Em relação à falta dos médicos nos hospitais citados a SES não se pronunciou.

O posto de Saúde do Núcleo Bandeirante já foi alvo de denúncias, vide as matérias já publicadas no site Política Distrital, do Jornalista Kleber Karpov:

http://www.politicadistrital.com.br/2015/04/30/medico-fora-dos-quadros-da-secretaria-de-saude-da-plantao-em-centro-de-saude-em-substituicao-a-colega-concursado/

http://www.politicadistrital.com.br/?s=Wilna+C%C3%A9lia

O governo Rolemberg está brincando com coisa séria e os órgãos responsáveis, assim como os parlamentares (fiscais do povo) estão pouco se importando com o caos que se encontra a saúde do Distrito Federal. Onde está o Ministério Público e os deputados Distritais que compõe essa chamada “Casa do Povo” que não se manifestam ou tomam alguma providência? E o Tribunal de Contas do DF? E a polícia? O povo não aguenta mais.

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) proposta a ser criada, apesar do emprenho de alguns parlamentares, servidores da saúde e população do Distrito Federal, que deveria investigar o caos que se encontra na saúde pública do Distrito Federal, poderá não sair neste semestre. Se isso acontecer, quantas vidas mais serão ceifadas por irresponsabilidades e má gestão?

A população está com os olhos voltados para esses parlamentares e a conivência de muitos em protelar e tentar esconder o injustificável e o fracasso desse governo Rolemberg. Agora é hora de a onça beber água e saberemos quem de fato se preocupa com o povo que está morrendo nesse caos implantado na SES DF e aqueles que se preocupam apenas com os problemas pessoais e com o GDF. 2018 está bem ali e a resposta será dura e implacável!

Sem-Título-1
Dois receituários médicos de um paciente que preservamos a identidade que, aparentemente, parece ter sido assinado por uma única médica – Foto: Reprodução Blog do Tenente Poliglota

Fonte: Blog do Poliglota

0

Comentário