Gama deve ganhar 14ª UBS no antigo Centro de Saúde 8

Com investimento de R$ 5,6 milhões, a UBS 7 está sendo erguida no terreno que abrigava o antigo Centro de Saúde nº 8

Print Friendly, PDF & Email

Por Catarina Lima

O Gama ganhará sua 14ª unidade básica de saúde (UBS). Trata-se da UBS 7, orçada em R$ 5,6 milhões, que começou a ser construída no local onde funcionou o antigo Centro de Saúde nº 8. “Mais uma UBS para o Gama reforça nosso trabalho na atenção primária, que é a porta de entrada na rede de saúde”, explica a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio. “Nelas são resolvidas cerca de 80% das demandas de saúde da população”, completa.

Construção da UBS 7 do Gama foi iniciada este mês; unidade incluirá Centro de Especialidade Odontológica e ambiente de acupuntura | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“A construção de mais um equipamento de saúde no Gama vai valorizar ainda mais o acesso com qualidade à população adstrita à área de cobertura pelas equipes de saúde desta unidade básica, bem como melhorar a estrutura de trabalho para todos os servidores. É mais um avanço do nosso governo em melhorar a nossa rede de saúde”, disse o superintendente de Saúde da Região Sul do DF, Roberto Cortes.

Publicidade

A edificação do equipamento teve início no dia 1º de junho. Segundo o projeto, a sala de espera terá capacidade para atender 160 pessoas. A unidade será composta de um Centro de Especialidade Odontológica (CEO) com dez cadeiras de atendimento, sendo uma para pacientes com necessidade especiais; ambiente para acupuntura e consultórios de clínica médica e de ginecologia.

Sandra Gomes de Souza, moradora do Gama há 59 anos, destacou a importância do atendimento a crianças e adolescentes

Também haverá consultório para atendimento infantil e de adolescentes, que ficará separado do espaço destinado ao atendimento dos adultos. As informações são do Memorial Descritivo da Edificação, fornecido pela Diretoria de Engenharia e Arquitetura em Saúde, da Secretaria de Saúde.

“A construção dessa UBS atende a uma grande expectativa da comunidade do Gama. O espaço anterior estava abandonado. Quando estiver pronto, vai servir para desafogar o Hospital Regional”, avaliou a administradora da região administrativa, Joseane Araújo.

“A obra está na fase inicial e seguindo de acordo com o cronograma”, disse o chefe de Edificações da Novacap, empresa responsável pelo gerenciamento e fiscalização da obra, Carlos Alberto Spies.

“Essa UBS vai melhorar os serviços de saúde daqui”, disse o aposentado José Gomes

A população aprovou a construção de mais uma unidade de saúde na região administrativa do Gama. “Vai ser benéfico para todos daqui”, avaliou a aposentada Lídia Chaves, moradora do Gama há 57 anos.

Outro que comemorou a construção da UBS 7 foi o também aposentado José Gomes, de 73 anos. “A cidade está precisando e será muito bom para o Gama. Essa UBS vai melhorar os serviços de saúde daqui”.

Sandra Gomes de Souza, de 64 anos, 59 dos quais vividos no Gama, elogiou a prioridade no atendimento pediátrico que a UBS dará. “O fato de atender crianças e adolescentes é muito importante, pois é grande o número de doenças nessa faixa etária. A UBS é bem-vinda”, pontuou.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorPF diz não haver mandante das mortes de Bruno Pereira e Dom Phillips
Próximo artigoPontos de vacina são abertos nesta sexta (17) em Planaltina e Sobradinho II