Colaboradores do IGESDF e Hospital da Criança agora podem aderir ao GDF Saúde

Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Roriz e Kleber Karpov

Na manhã de sexta-feira (03/Jun), foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a Lei n° 7.152/2022, que altera o plano de saúde do servidor. Por meio de uma emenda do deputado distrital Jorge Vianna (PSD), acatada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), os colaboradores do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF) e do Hospital da Criança de Brasília José de Alencar (HCB) passam a ter direito a aderir ao plano do GDF Saúde.

Nas redes sociais, Vianna comemorou a extensão do benefício aos colaboradores do IGESDF, lotados nos hospitais de Base do DF (HBDF), Regional de Santa Maria (HRSM), nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), além do HCB. Para o deputado, nada mais justo a concessão do benefício a esses profissionais de saúde, uma vez que servidores do GDF em cargo comissionados fazem jus ao acesso ao GDF Saúde.

Publicidade

Abrangência

O GDF Saúde possui duas vertentes: a distrital e a nacional, nela os servidores poderão ser atendidos em redes nacionais. Já o plano distrital, é exclusivo para servidores que recebem até cinco salários mínimos, no entanto não terão direito ao atendimento em rede nacional.

Sendo assim, os valores para o plano de abrangência nacional serão de R$ 400,00 para o titular e R$ 200,00 para os dependentes. Já na abrangência distrital os valores serão de R$200,00 para o titular e R$100 para os dependentes

Para o autor da emenda, Jorge Vianna, essa alteração na Lei é muito importante. Porque além de garantir o direito desses profissionais aderirem ao plano, também é uma questão de justiça. “Agora a minha missão é garantir a inclusão dos ascendentes no GDF Saúde, vou continuar buscando junto ao GDF, e só vou parar quando garantir mais esse direito”, destacou.

Para aderir ao plano, basta acessar o site: https://www.inas.df.gov.br/faca-ja-a-sua-adesao-gdf-saude/ ou ligar no número: 3521-5331

Publicado em 03/04/2022 às 15h22 – Atualização 04/07/2022 às 07h31

VIASindate-DF
Artigo anteriorGDF oferece mais 75 bolsas de estudo no ensino superior
Próximo artigoPrato Cheio será ampliado para nove meses e atenderá 60 mil famílias