Saiba como vai funcionar o atendimento da Saúde no DF durante as festas de fim de ano

Todas as emergências dos hospitais regionais e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) funcionarão 24 horas por dia

82
Print Friendly, PDF & Email

Nos dias 24 e 25 de dezembro, e nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro alguns serviços da rede pública de saúde funcionarão em horário reduzido. Confira abaixo o que abre e fecha no período.

UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) – Nos dias 24 e 31 de dezembro, as UBS funcionarão até as 14h. Nos dias 25 e 26 de dezembro e em 1º e 2 de janeiro, estarão fechadas.

VACINAÇÃO – Será possível vacinar nas salas de vacina e nos postos de vacinação até 12h dos dias 24 e 31 de dezembro. Nos dias 25 e 26 de dezembro, não haverá expediente. Dia 27, esses espaços voltam a funcionar normalmente.

Publicidade

AMBULATÓRIOS E POLICLÍNICAS – Nos dias 24 e 31 de dezembro os ambulatórios e policlínicas ficam abertos até as 14h. Nos dias 25 e 26 de dezembro e em 1º e 2 de janeiro, estarão fechados.

CASA DE PARTO DE SÃO SEBASTIÃO – Funciona de forma ininterrupta, 24 horas por dia todos os dias da semana.

FARMÁCIAS DE ALTO CUSTO – Nos dias 24 e 31 de dezembro, serão distribuídas senhas até 12h e essas farmácias funcionarão até as 14h. Nos dias 25 e 26 de dezembro e 1º e 2 de janeiro, não abrem.

HEMOCENTRO – Na véspera do Natal e do Ano Novo, a Fundação Hemocentro de Brasília estará aberta das 7h15 às 12h. Nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro não haverá expediente, Veja mais informações aqui.

CAPS – Somente os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) do tipo III, voltados ao atendimento de retaguarda e articulação em rede, estarão com atendimento 24 horas por dia. Os outros Caps, dos tipos I e II, funcionarão até as 14h, nos dias 24 e 31 de dezembro. Nos dias 25 e 26 de dezembro e em 1° e 2 de janeiro, não abrem.

EMERGÊNCIAS – Todas as emergências dos hospitais regionais e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) funcionam 24 horas por dia.

SAMU – O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atende de forma ininterrupta pelo telefone 192.

FONTESecretaria de Saúde
Artigo anteriorServiços de saúde oferecidos para a população de idosos
Próximo artigoCrianças terão doses de vacina se forem incluídas no PNI, diz ministro