Escola Superior de Ciências da Saúde do DF forma 60 enfermeiros

Graduandos da décima turma do curso colaram grau na quinta-feira (16)

Print Friendly, PDF & Email

Em cerimônia realizada na quinta-feira (16), 60 formandos do curso de enfermagem participaram da colação grau pela Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs). O evento contou com a participação do secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, que cumprimentou os futuros enfermeiros.

“Foi Deus que escolheu vocês”, disse. “Vocês têm um gene humanitário diferenciado, não tenho dúvida disso. Vocês se destinam agora àquilo que escolheram. Com o dedo de Deus, logo estarão dando o melhor nos nossos hospitais da rede ou em outros estabelecimentos de saúde. Desejo a todos os formandos uma bela vida pela frente. Com seus familiares, seus maridos, esposas, filhos e com seus pacientes. Que Deus os proteja sempre. Um feliz Natal e uma grande entrada de ano para vocês.”

À formanda Letícia Guiomar Silva Monteiro coube o papel de representar a turma durante a cerimônia. “A caminhada para nós foi dura, mas seguir, apesar das incertezas, é o que temos feito com maestria durante esses quatro anos”, declarou ela. “E finalmente aqui chegamos, com muita luta e resiliência”.

Publicidade

Curso de enfermagem

O curso de enfermagem da Escs iniciou suas atividades em setembro de 2008 adotando uma proposta metodológica inovadora, voltada à a formação do perfil profissional desejado para o fortalecimento da saúde pública. São quatro anos de formação, durante os quais os estudantes são inseridos precocemente em atividades práticas, sob supervisão.

O modelo pedagógico é caracterizado por três princípios: aprendizagem centrada no estudante, ensino baseado em problemas e orientação à comunidade. A organização dos conteúdos está sustentada na transdisciplinaridade e interdisciplinaridade, tendo como eixos transversais a ética, o processo saúde/doença, a comunicação e o trabalho de equipe.

A Escs

Mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), a Escs completou 20 anos em setembro. Durante esse tempo, a instituição já graduou 1.104 médicos e mais de 500 enfermeiros, além de 134 mestres e 12 doutores e mais de 6 mil especialistas nos programas de pós-graduação lato sensu, 127 mestres e sete doutores na pós-graduação stricto sensu.

É a única escola do país que tem cursos de medicina e enfermagem ligados a uma secretaria de Saúde. Atualmente, a Escs conta com quase 800 estudantes de graduação nessas duas áreas.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorEstádio Nacional Mané Garrincha vai se chamar Arena BRB
Próximo artigoDistrito Federal deve indenizar paciente por demora em atendimento, que resultou em sequelas