Ibaneis inaugura UPA do Riacho Fundo II com capacidade para atender 4 mil pessoas por mês

Essa é a quarta UPA entregue à população neste ano. De acordo com o cronograma do governo, Brazlândia, Vicente Pires e Planaltina também terão uma UPA inaugurada, ainda em 2021

153
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

Os moradores do Riacho Fundo II receberam, na manhã desta quinta-feira (18), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha e outras autoridades foram até o local para inaugurar a unidade de saúde. Essa é a quarta UPA entregue à população neste ano.

De acordo com o cronograma do governo, Brazlândia, Vicente Pires e Planaltina também terão uma UPA inaugurada, ainda em 2021. As regiões administrativas do Paranoá, Ceilândia e Gama foram as primeiras contempladas este ano. Com as entregas, o DF passa a contar com dez UPAs, no total.

Publicidade

Em seu discurso, Ibaneis ressaltou a força do trabalho em equipe, que possibilitou a construção das UPAs, entre outras obras entregues em sua gestão. Além da dedicação de todos os profissionais de saúde, ao longo de quase dois anos de pandemia. Ele chamou o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos) – que não pôde estar presente – de “Nosso deputado da Saúde” ao comentar a aprovação do pagamento da terceira parcela dos servidores, que será paga em abril do ano que vem.

“Fico muito feliz de vir aqui e entregar uma obra dessa qualidade. Com capacidade para atender aproximadamente 4 mil pessoas por mês. Serão 4 mil pessoas que deixarão de sair da sua cidade para procurar atendimento em outros locais”, comemorou. Ibaneis reconheceu que UPA chega atrasada na cidade de cerca de 100 mil habitantes. “Chega atrasado, mas chega. No nosso governo nós fazemos um governo para as coisas chegarem. Com dificuldade, mas elas chegam”, afirmou.

O governador ressaltou que o equilíbrio nas contas foi fundamental para que o planejamento fosse cumprido. “Não faltam recursos. Tudo aquilo que nós nos dispusemos a fazer, nós conseguimos alcançar. Pouquíssimas vezes do Distrito Federal teve um superávit tão grande de arrecadação de tributos”, disse.

“É uma obra de primeiro mundo que está à disposição da nossa sociedade e da população dessa região. Vencemos essa etapa. Ela está em funcionamento e não podemos deixar faltar médicos e insumos”, disse o diretor do Iges-DF, responsável pela administração do local, Gislei Oliveira.

O secretário de Saúde do DF, general Manoel Pafiadache, comemorou a inauguração. “Estamos dando muita atenção para a atenção primária que é fundamental. Isso vai descomprimir os nossos hospitais mais complexos da rede pública”, comentou.

UPA

Ao todo, 146 profissionais de saúde foram contratados pelo Iges-DF para atuar na unidade que tem 1,2 mil metros quadrados. As equipes são compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, assistentes sociais, laboratoristas e administrativos. Além disso, há os profissionais terceirizados de vigilância, limpeza e alimentação.

Participaram da solenidade, secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Gislei Morais, deputada Celina Leão, deputado Hermeto e a ministra de Estado Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda.

Assista à solenidade de inauguração

Endereço da UPA do Riacho Fundo: QN 31, Conjunto 3, Lote 1, Riacho Fundo II

Artigo anteriorEconomia do DF confirma o pagamento das 4h aos profissionais da Enfermagem
Próximo artigoEscola Técnica de Saúde abre inscrições para cursos on-line no DF