Greve de vigilantes: Secretaria de Saúde do DF vai pagar o salário referente a agosto nesta quinta-feira (11/11)

A paralisação foi iniciada, nessa quarta-feira (10/11) às 7h. Os recursos provenientes da suplementação de orçamento, aprovada pela Câmara Legislativa na terça-feira, já foram liberados para a SES, que solicitou às empresas os empenhos referentes aos serviços prestados em agosto e setembro

71
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

Após atrasos nos pagamentos dos salários de vigilantes de hospitais públicos do Distrito Federal, O Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF) iniciou greve às 8h desta quarta-feira (10/11). Entre os atrasos está o pagamento referente ao mês de outubro, que deveria ter sido depositado no quinto dia útil de novembro na conta dos funcionários.

Eles são contratados pelas empresas Aval, Ipanema, Brasília e Visan. Elas são responsáveis por prestar serviços à Secretaria de Saúde (SES-DF). Cerca de 2.700 trabalhadores cruzaram os braços.

Publicidade

Ao Política Distrital, a Secretaria de Saúde do DF, afirmou, por meio de nota, nesta quinta-feira (11/11), que o pagamento do mês de agosto será depositado, ainda hoje. Pelo que diz a nota, somente o mês de agosto está em atraso, “Setembro segue o fluxo normal, já que pelo contrato a SES tem até 30 dias após a apresentação do empenho para efetivar o pagamento“, diz.

Segundo a  pasta, no fim da tarde de terça-feira (09/11), a Câmara Legislativa do DF aprovou a suplementação ao orçamento para pagamento dos serviços de vigilância. “Os recursos já foram liberados para a Secretaria, que solicitou às empresas os empenhos referentes aos serviços prestados em agosto e setembro”.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Saúde está tomando todas as providências para realizar o pagamento às empresas de vigilância o mais rapidamente possível. Os recursos provenientes da suplementação de orçamento, aprovada pela Câmara Legislativa na terça-feira, já foram liberados para a SES, que solicitou às empresas os empenhos referentes aos serviços prestados em agosto e setembro. O mês de agosto será pago ainda hoje e setembro segue o fluxo normal, já que pelo contrato a SES tem até 30 dias após a apresentação do empenho para efetivar o pagamento.

O diretor do Sindesv-DF, Gilmar Rodrigues, afirmou que os funcionários só retornarão aos postos de trabalho com os salários depositados. O pagamento de outubro deveria ter entrado na última segunda-feira (08/11). Os hospitais regionais do Guará, Ceilândia, Samambaia, Brazlândia e a Farmácia de Alto Custo estão sem vigilância.

 

Artigo anteriorMicroempreendedores do DF têm novo aplicativo de contratação e avaliação
Próximo artigoCâmara do DF aprova crédito suplementar de R$ 184,60 milhões para aquisição de insumos e medicamentos