Ibaneis convocou 4.327 profissionais de saúde em um ano

Novos processos seletivos estão sendo preparados para reforçar o quadro de pessoal no combate à pandemia

77
Print Friendly, PDF & Email

“Esse esforço tem o objetivo de garantir à população do DF um atendimento adequado, com agilidade e eficácia, e principalmente reforçar o trabalho das equipes que estão na linha de frente do combate à covid-19”Osnei Okumoto, secretário de Saúde

O Governo do Distrito (GDF), por intermédio da Secretaria de Saúde, vem ampliando desde o ano passado o número de profissionais para atuar na linha de frente do combate à pandemia. No período de março de 2020 até março de 2021, foram selecionados e convocados 4.327 profissionais entre efetivos e temporários e, desse total, 2.240 tomaram posse e entraram em exercício.

Além disso, houve também a ampliação de carga horária de 1.794 servidores da área assistencial. E outros 2,7 mil servidores retornaram do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF) para as unidades da Secretaria de Saúde e foram redistribuídos para ajudar na luta contra a covid-19.

Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, tem sido frequente a determinação do governador Ibaneis Rocha para que o quadro de profissionais da saúde seja ampliado. “Esse esforço tem o objetivo de garantir à população do DF um atendimento adequado, com agilidade e eficácia, e principalmente reforçar o trabalho das equipes que estão na linha de frente do combate à covid-19”. afirmou o gestor.

Publicidade

Ampliações de carga horária, contratações temporárias e convocação de concursados têm o objetivo de reforçar as equipes e garantir uma assistência melhor a toda a população e também evitar a sobrecarga nos profissionaisSilene Almeida, subsecretária de Gestão de Pessoas

Stress e sobrecarga

De acordo com a subsecretária de Gestão de Pessoas, Silene Almeida, desde março do ano passado, foram desenvolvidas estratégias para repor e reforçar continuamente as equipes.

“O absenteísmo (registro de faltas, licenças e atestados), principalmente nos meses de julho e agosto, foi muito alto. Ainda hoje, existe absenteísmo provocado pelo estresse e outras patologias por causa da superlotação nos hospitais e unidades de saúde”, explica.

De acordo com a subsecretária, a pandemia tem caráter continuado e, desde que iniciou, os profissionais da saúde estão atuando diariamente. Então, resumiu, essas ampliações de carga horária, contratações temporárias e convocação de concursados para vagas de vacância têm o objetivo de reforçar as equipes e garantir uma assistência melhor a toda a população e também evitar a sobrecarga nos profissionais.

Processo para temporários

Silene destaca que a pasta também tem feito convocação de novos concursados em vagas de vacâncias e aguarda a autorização e liberação da Secretaria de Economia para realizar um novo processo seletivo temporário, principalmente para médico, enfermeiros e técnicos, já que o banco de reserva está zerado.

“Também estamos preparando os editais para concurso público para algumas especialidades como médicos, enfermeiros, cirurgiões dentistas e outros para poder repor de forma efetiva o quadro de pessoal de profissionais na Secretaria de Saúde”, informa.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorSecretaria de Saúde conclui, na sexta (4), vacinação de profissionais de 14 hospitais privados do DF
Próximo artigoUBS ganha painel em homenagem às vítimas da covid-19 do DF