HBDF recebe 106 cadeiras de rodas para transportar pacientes

119
Print Friendly, PDF & Email



Foram investidos R$209.880 reais para adquirir os equipamentos

Por Ailane Silva

Nesta segunda-feira (29), o Hospital de Base (HB) recebeu 106 cadeiras de rodas hospitalares modernas que atenderão todos os setores do prédio. A entrega foi feita, em solenidade, pelo diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Francisco Araújo.

O investimento total para aquisição dos equipamentos foi de R$209.880, sendo que cada uma teve o custo de R$1.980. O Iges-DF poderá adquirir, ainda, outras 53 unidades, já que o total do processo do pregão foi de 159 cadeiras.

Publicidade

Durante a cerimônia, realizada próximo à Portaria Central do hospital, o diretor presidente enfatizou a importância de equipar o hospital e, sobretudo, humanizar o atendimento ao usuário.

“Tudo que fazemos na área de saúde tem uma importância muito grande na vida das pessoas. Se tivermos o melhor equipamento, mas se não tratamos as pessoas com dignidade, eles sairão sem o que elas mais esperam, que é a humanização do atendimento. Atender bem as pessoas é o nosso foco e uma determinação do governador Ibaneis Rocha”, enfatizou Francisco Araújo.

O diretor de Apoio Operacional, Manoel Pafiadache, esclareceu que o modelo das cadeiras de rodas foi escolhido após varias análises dos técnicos do Iges-DF, que fizeram testes em várias versões e avaliaram quesitos como resistência, durabilidade e conforto.

“O esforço dos nossos colaboradores foi muito grande para entregar um produto que esteja à altura do nosso hospital e dos nossos pacientes. A nossa intenção é que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) também recebam esse material de qualidade, assim que passarem ao modelo de gestão do Iges-DF, disse o diretor de Apoio Operacional, Manoel Pafiadache.

“Pensamos nas necessidades do paciente, por isso, escolhemos modelos que vão contribuir para o conforto deles e, ainda, que auxiliarão os funcionários que vão manuseá-las”, completou a chefe do Núcleo de Hotelaria em Saúde do Iges-DF, Célia Regina Vieira.

CADEIRAS – Feitas de material resistente, as cadeiras têm assento acolchoado, braços retrateis, porta-prontuário, além de suporte para soro e para bala de oxigênio. Elas contam, ainda, com apoio de pé elevado e dispositivos para evitar que roupas fiquem enganchadas, evitando possível acidentes.

Novas cadeiras de banho também estão em fase de compra. Técnicos estão fazendo testes para avaliar os modelos apresentados e, se estiverem de acordo com as normas, realizarem a aquisição.

As cadeiras serão usadas para fazer a remoção interna dos pacientes do pronto socorro, internação e ambulatório. Apenas neste mês de abril, o Núcleo de Mobilidade realizou mais de 6 mil remoções em macas e cadeira de rodas.

Fonte: IGESDF