Ibaneis anuncia expansão do Instituto Hospital de Base para toda rede e Rollemberg ‘tira onda’

1902
Print Friendly, PDF & Email

Segundo Ibaneis, Instituto deve ser expandido à toda rede de saúde do DF

Por Kleber Karpov

Na manhã de segunda-feira (7/Jan), o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), na presença de sindicalistas, políticos e servidores do Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF), anunciou a verticalização do modelo do IHBDF para todas as unidades de saúde do DF. Após anúncio, o antecessor, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou que Ibaneis deve deixar de cumprir muitas promessas de campanha.

Segundo Ibaneis, a expansão do Instituto deve “atingir desde a ponta do atendimento da Saúde básica, até as áreas mais especializada das cirurgias no âmbito do DF”, disse ao observar que as críticas tecidas ao IHBDF, durante o período de campanha, era voltado à falta de transparência e não ao modelo em si do Serviço Social Autônomo (SSA).

O anúncio do governador aconteceu na presença, dentre outras pessoas, o secretário de Estado de Saúde do DF, Osnei Okumoto, a deputada federal eleita e ex-distrital, Celina Leão (PP), a diretora do IHBDF, o secretário de Estado de Relações Institucionais do DF (SERIS-DF), Vitor Paulo e a presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos da Saúde do DF e Entorno (SINDSAÚDE-DF), Marli Rodrigues.

Publicidade

Rollemberg tira onda

Na página na rede social Facebook, Rollemberg fez uma provocação a Ibaneis em relação ao recuo ao fim do IHBDF. O socialista afirmou que o novo governador deve descumprir outras promessas e seguir caminhos definidos pela gestão anterior.

“Ibaneis desistiu de acabar com o Instituto Hospital de Base. Ao contrário, resolveu expandi-lo. Vai ter muito mais coisa que não fará como prometeu. E fará como dissemos que era possível e necessário fazer. Vamos aguardar os próximos anúncios!”.

Decreto emergencial

Ibaneis anunciou ainda a edição de Decreto de Estado de Emergência da saúde pública do DF. O governador justificou que “todos os governos passados fizeram isso, e não conseguiram passar ao passo seguinte qu e foi sair da emergência e passar para a normalidade da saúde no âmbito do DF.”, disse ao informar que deve realizar um choque de gestão na Pasta.

Embora aponte que deve fazer diferente dos antecessores, Ibaneis segue os caminhos de Rollemberg e ainda do ex-governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), que também decretaram Estado de Emergência da Saúde pública do DF ao assumir o governo.

 

Direção do IHBDF

Após o anúncio do governador, o secretário de saúde, também realizou a primeira reunião extraordinária, de 2019, do Conselho de Administração do IHBDF, ocasião em que a pauta foi a indicação de ascensão do recém-nomeado, secretário-adjunto em Gestão de Saúde da SES-DF,Francisco Araújo Filho, à presidência do IHBDF.

O que diz a SES-DF

Uma das grandes preocupações, em relação à extensão do Instituto às demais unidades de saúde, estão diretamente relacionadas a realização de concursos públicos.

Embora a SES-DF tenha nomeado José Américo Moreira da Silva, Chefe, da Assessoria de Comunicação, questionada sobre o assunto sobre previsão legal e estatutária de realização de tal certame, e a situação dos concursados que aguardam nomeação, a Assessoria de Comunicação, apenas sugeriu que tal pauta fosse apurada junto a Secretaria de Estado de Comunicação do DF (SECOM-DF). Procurado, Okumoto, também não se pronunciou sobre o assunto.

Atualização: 08/01/2019 às 02h21