Pediatras do Hospital do Guará são transferidos para outras unidades do DF

72
Print Friendly, PDF & Email


A ação pode resultar no cancelamento, permanente ou temporário, do atendimento infantil no local

Por Bernardo Bittar

Médicos do Hospital Regional do Guará (HRGu) reclamam de suposta decisão da Secretaria de Saúde (SES-DF) de transferir os pediatras durante uma reforma prevista para ocorrer na unidade de saúde. De acordo com eles, a ação pode resultar no cancelamento, permanente ou temporário, do atendimento infantil no local.

Diariamente, cerca de 100 crianças são recebidas no HRGu. Caso a mudança realmente aconteça, os pequenos poderão ficar sem assistência. “Dizem que vão fazer uma reforma aqui, fechar o espaço e transferir os pediatras para o HRAn (Hospital Regional da Asa Norte) e o Hmib (Hospital Materno Infantil de Brasília)”, disse o médico Cândido Carmo Cezário.

Publicidade

A incerteza, segundo ele, é o retorno dos funcionários. “Não sabemos se vai haver, de fato, retorno. Uma ala do hospital será fechada com a desculpa da reforma e, enquanto isso, pacientes antigos que eu acompanho, por exemplo, ficarão prejudicados”, reclamou o pediatra.

Embora confirme os planos de reformar o HRGu, a Secretaria de Saúde afirmou que o hospital não será fechado. Em nota, informou que “o local precisa de alguns reparos e, por isso, há possibilidade de reforma total ou parcial no prédio”.

Contudo, em caso de haver necessidade de interdição, a pasta declarou que “será feito um plano de contingência para que as especialidades do pronto-socorro (como a pediatria) sejam transferidas para unidades de saúde próximas, com reforço de equipe profissional”.

O HRGu é o único hospital do Guará.

Fonte: Correio Braziliense