NA FESTA DO RADAR: Deputados prometem pedir a cabeça da arrogante presidente da AGEFIS e enaltecem a importância do blog

Por Ascon RCN

A indignação dominou a maioria das manifestações de lideranças e dos políticos que participaram da festa de um ano de fundação do blog Radar Condomínios, ocorrida na ultima sexta-feira (27), no restaurante hogareño, no Jardim Botânico. Pelo menos três deputados distritais e um deputado federal participaram do evento.

A postura arrogante da presidente da AGEFIS, Bruna Pinheiro, que disse sentir “náuseas” de quem mora em condomínios e ainda acusando os moradores de “grileiros e invasores” pode desdobrar em ações processuais e políticas contra a presidente da Agencia de Fiscalização do Distrito Federal.

Publicidade

8 BRUNAO maldoso e pejorativo comentário de Bruna Pinheiro, ocorreu durante uma reunião do Conselho de Planejamento do Distrito Federal – CONPLAN, convocada para analisar os parcelamentos de solo dos condomínios Ville de Montaigne e Solar de Brasília foi assunto publicado pelo Radar e ganhou destaque nas redes sociais.

Os deputados distritais Raimundo Ribeiro (PSDB), Chico Vigilante (PT) e Ivonildo Di Lira (PHS), bem como o deputado federal Izalci Lucas (PSDB) e a ex-deputada Eliana Pedrosa, presentes ao evento reprovaram a atitude da presidente da Agefis.

O senador Helio José (PSD) mandou representante e os administradores Nery Moreira da Silva (Santa Maria) e Jean Rodrigues Oliveira (São Sebastião) também prestigiaram o Radar. Síndicos, empresários, lideranças e dirigentes de entidades da região participaram da festa.

1 festaradar

Governo se finge de morto

Eliana Pedrosa disse que o governo não pode continuar discriminando ou se fingindo de morto para um problema que afeta cerca de 600 mil pessoas que moram em condomínios horizontais do DF e que lutam pela segurança jurídica de suas moradias.

“Xingar essas famílias que adquiriram seus lotes de boa fé não resolve o grave problema fundiário que envolve as terras da Capital da Republica, situação que, até hoje, ninguém foi capaz de resolver. Por tanto, quero parabenizar o Radar por fazer o seu importante papel de cobrar o governo e denunciar os equívocos e arroubos irresponsáveis cometidos por agentes do Estado” , afirmou a ex-distrital Eliana Pedrosa.

Menosprezo à vontade do governador

Em seu discurso contundente, em homenagem ao Radar, o deputado distrital Ivonildo Di Lira (PHS) disse que a estapafúrdia declaração de Bruna, menospreza e apequena o interesse demonstrado pelo governador Rodrigo Rollemberg, que durante a campanha eleitoral fez um pacto com a população de regularizar os parcelamentos horizontais do DF.

“Esta senhora não está preparada para exercer a função publica ao achar que o poder de policia que imagina ter, lhe dar o direito de insultar ou intimidar quem mora em condomínios”, afirmou Lira. Ele disse, ainda, que o Radar cumpre o seu papel na defesa dos moradores dos condomínios e anunciou que fará um pronunciamento na Câmara Legislativa pedindo o afastamento de Bruna da presidência da Agefis.

Falta de sensibilidade e vontade política

O deputado federal Izalci Lucas (PSDB) foi outro que se manifestou contra a postura de Bruna Pinheiro e lamentou que as pessoas que estão à frente desse processo não tem conhecimento técnico e nem sensibilidade social para tratar o tema da regularização que é do interesse de mais de um terço da população do DF.

“Os governos não tem demonstrado interesse para regularizar os condomínios e digo que a regularização dos parcelamentos depende da vontade política do governador. Espero que o atual governo tenha essa vontade”, afirmou Izalci.

O Radar como instrumento de cobrança

Os deputados Raimundo Ribeiro e Chico Vigilante após destacarem a atuação do Radar Condomínios, como instrumento de cobrança para que o governo efetivamente promova a regularização dos parcelamentos do DF, comungaram da mesma linha de pensamento no que diz respeito a postura da presidente da Afegis dentro do CONPLAN.

Ribeiro estranhou a postura da servidora e Vigilante afirmou que ela pisou na bola “O governador Rodrigo Rollemberg tem demonstrado todo o interesse de regularizar os condomínios, inclusive de promover a venda direta dos terrenos ocupados que pertencem a Terracap”, disse Raimundo Ribeiro. Para o deputado Chico Vigilante, o governo Rollemberg é confuso em tudo e no caso dos condomínios não sabe o que fazer com a questão fundiária de Brasília. “Está perdido”, sintetizou.

Declarações pejorativas e desnecessárias

Para o ex-administrador do Lago Sul, Wander Azevedo, a presidente da Agefis como servidora pública, apenas tem a obrigação de analisar o processo de regularização de forma técnica e imparcial que é, segundo ele, o principio do direito administrativo.

“As declarações da Senhora Bruna Pinheiro são pejorativas e desnecessárias”, avaliou Azevedo. Ele destacou a importância do Radar como uma ferramenta que a população dos condomínios precisava para cobrar do GDF o processo de regularização dos parcelamentos. O ex- administrador do Lago Sul destacou ainda que em um ano de atividade o Radar soube representar e defender de forma permanente os anseios da população condominial que não tinha a onde reclamar.

O deputado Federal Izalci fala  sobre a importância do Radar

Contato : radarcondominios@gmail.com

 

Fonte: Blog Radar Condomínios

Artigo anteriorPrecatórios: GDF deve pagar até 2020
Próximo artigo90 dias de desastres do governo Rollemberg. Será que muda?