Jardim Botânico de Brasília celebra 34 anos com inauguração da Escola Superior do Cerrado

63
Print Friendly, PDF & Email

O Jardim Botânico de Brasília celebra, no próximo dia 8 de março, 34 anos de existência. A área protegida, inaugurada em 1985, tinha inicialmente 526 hectares, mas foi ampliada para 4.518 hectares com a criação da Estação Ecológica.

Para comemorar a data, o JBB vai inaugurar a Escola Superior do Cerrado que oferecerá cursos de graduação e pós-graduação em Gestão Ambiental, Resíduos Sólidos e Recursos Hídricos. A solenidade acontecerá no Centro de Excelência do Cerrado, o Cerratenses, e contará com a presença de autoridades do governo, representantes da sociedade civil entre outros convidados.

No mesmo dia, haverá a inauguração do Jardim da Polônia na Alameda das Nações e Estados. Será o segundo país a ocupar o espaço reservado ao projeto que tem o objetivo de representar os cinco continentes por meio de sua biodiversidade e valores culturais.

No fim de semana, dias 9 e 10, a programação do aniversário do JBB será extensa com atividades culturais, exposições, apresentações musicais e ações voltadas para educação ambiental.

Entre os destaques está a exibição dos equipamentos dos Bombeiros utilizados no combate aos incêndios florestais. A corporação trará helicóptero, caminhões, viaturas e ônibus para transporte da tropa além de abafadores, luvas, botas, etc.

Publicidade

Haverá, ainda, a participação do grupo Mangarandu, que montará estrutura de arvorismo para crianças, e atividades desenvolvidas pela equipe do Jardim voltadas para a educação ambiental. Os visitantes poderão fazer as trilhas ecológicas acompanhadas pelo guia, passear de trenzinho pelas principais atrações da unidade ou assistir a vídeos com a temática ambiental na Casa de Permacultura.

No Centro de Visitantes haverá exposição de orquídeas, venda de suculentas, terrário, vasos ornamentais, biojoias, produtos naturais e feira de produtores da Emater com bancas de frutas, verduras, mel, queijos.

Saiba mais

O Jardim Botânico de Brasília foi o primeiro jardim botânico no mundo a manter coleções de plantas in situ, ou seja, no seu ambiente, permitindo a manutenção de sistemas e processos naturais como a melhor forma de conservação de recursos genéticos.

Atualmente, abriga 4.518 hectares de Cerrado preservado e 25% dos mananciais que abastecem toda a região do Lago Sul, incluindo o Lago Paranoá.

A fauna que compõe a biodiversidade do JBB é representada por 77 espécies da mastofauna (marsupiais, roedores, morcegos médios e grandes, algumas ameaçadas de extinção); 257 espécies de avifauna,; 73 espécies da herpetofauna (lagartos, serpentes, tartaruga e anfíbios).

Cerrado

O Cerrado se estende por mais de 2 milhões de quilômetros quadrados (Km2) do território brasileiro, o que equivale a quase 24% do país. Contudo, a área com vegetação íntegra do bioma já foi reduzida a cerca de 20% de sua cobertura original. Este tipo de savana possui uma das maiores biodiversidade do mundo, e estima-se que possua mais de 6 mil espécies de árvores e 800 espécies de aves. Acredita-se que mais de 40% das espécies de plantas lenhosas e 50% das abelhas sejam endêmicas, ou seja, só existem no Cerrado.

Programação- 34 anos do Jardim Botânico de Brasília

#euvoujbb

8 de março:

– Café da manhã no Centro de Excelência do Cerrado e apresentação da banda do Corpo de Bombeiros para convidados;

– Inauguração da Escola Superior do Cerrado;

– Homenagem às mulheres para celebração do Dia Internacional da Mulher;

– Inauguração do Jardim da Polônia na Alameda das Nações e Estados.

9 e 10 de março:

Centro de Visitantes:

– Feira de Orquídeas;

– Exposição e venda de suculentas, terrário, vasos ornamentais, biojoias e produtos naturais;

– Feira de produtores da Emater com bancas de frutas, verduras, mel, queijos;

– Exposição do Corpo de Bombeiros com equipamentos usados no combate a incêndio (caminhões, viaturas, helicóptero);

– Apresentação de bandas;

Parquinho Infantil:

– Arvorismo;

Casa de Permacultura:

– Oficina de pintura;
– Exibição de vídeos sobre a temática ambiental.

Educação Ambiental

– 10h, 11h, 14h30 e 15h30: Passeio de trenzinho pelo JBB (35 pessoas): os visitantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Cerrado embarcando no trem do JBB com a presença de um educador ambiental; Embarque atrás dos quiosques;

– 9h: Trilhas ecológicas: os primeiros 20 inscritos terão a oportunidade de caminhar pelo Jardim Botânico com a presença de um educador ambiental. O percurso deve durar cerca de uma hora e meia;

Fonte: Ascom Sema-DF