PM, TJ e Detran: DF tem pelo menos 28 concursos previstos para 2022

Secretaria de Economia autorizou 28 concursos para 2022 no DF. Além desses, há também os certames previstos que ainda aguardam confirmação

435
Print Friendly, PDF & Email

Brasilienses que estudam para concursos públicos terão diferentes oportunidades em 2022. De acordo com a Secretaria de Economia do Distrito Federal, estão autorizados 28 concursos para o próximo ano em áreas estratégicas do governo e também em setores da administração pública com déficit de servidores por conta de exonerações e aposentadorias.

No último dia 14, a Câmara Legislativa (CLDF) aprovou o orçamento do ano que vem, de R$ 48,23 bilhões. O projeto de lei que trata da Lei Orçamentária Anual de 2022 (LOA) prevê investimentos com novos servidores.

Concurso para Secretaria de Saúde terá quase mil vagas. Veja detalhes

Publicidade

Veja a seguir lista das 28 categorias profissionais a serem contempladas:

Execuções Penais
Políticas Públicas e Gestão Governamental
Apoio às Atividades Policiais Civis
Assistência Pública à Saúde
Atividade de Defesa do Consumidor
Atividades do Trânsito – Técnico e Analista
Auditoria de Atividades Urbanas
Cirurgião-Dentista
Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária
Enfermeiro
Gestão de Resíduos Sólidos
Médico
Planejamento Urbano e Infraestrutura
Assistência à Educação
Magistério
Auditoria de Controle Interno
Carreira Técnica em Enfermagem
Delegado da PCDF
Polícia Militar, soldado
Polícia Militar, Oficiais do Quadro de Saúde
Agente Policial de Custódia da PCDF
Auditoria Fiscal da Receita
Agente de Polícia
Escrivão de Polícia
Regulação de Serviços Públicos
Apoio às Atividades Jurídicas
Procurador do DF
Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde

Vagas em concursos

Além dos certames já autorizados pela Secretaria de Economia, há outros concursos previstos por órgãos públicos do DF para 2022. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e o Departamento de Trânsito (Detran-DF) são alguns dos que já divulgaram planos para abertura de vagas no próximo ano.

Confira mais informações:

TJDFT

Na edição dessa terça-feira (21/12) do Diário Oficial da União (DOU) foi publicado o extrato de dispensa de licitação que oficializa a contratação da banca organizadora do próximo concurso público do TJDFT.

De acordo com o documento, a empresa Fundação Getulio Vargas (FGV) será responsável pela organização do próximo edital, que deverá abrir 93 vagas. As oportunidades serão divididas entre analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio).

O TJDFT está sem abrir novos editais desde 2015. O quantitativo de vacâncias cresceu e o órgão não publicou editais para reposição de servidores.

PMDF

Na última quinta-feira (16/12), o governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a intenção de lançar concurso para a Polícia Militar do DF no próximo ano. A PMDF tem atualmente 11 mil policiais. No entanto, a tropa precisa de, no mínimo, 15 mil profissionais.

A ideia é realizar o concurso no fim de 2022. Porém, novo edital só deve ser publicado após o preenchimento das vagas restantes do concurso anterior. No concurso de 2022, a previsão é de que sejam preenchidas 500 vagas para convocação imediata e 1,5 mil de cadastro reserva.

Detran-DF

O concurso do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) está mais próximo de se tornar realidade. É que o Governo do DF está prestes de criar o grupo de trabalho que ficará responsável por toda a execução do certame, incluindo a contratação da banca que aplicará as provas.

A previsão do Detran-DF é que o concurso seja realizado em 2022 e tenha 50 mil candidatos. Serão disponibilizadas vagas para cargos de técnico e de analista, com salários que variam de R$ 4,5 mil a R$ 8,5 mil.

Segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022, o Detran terá fôlego para contratar 255 servidores.

Secretaria de Educação

A Secretaria de Educação do DF prevê ainda a realização de novo concurso para cargos de professores em 2022. A estimativa é de que sejam abertas 1 mil vagas.

A informação foi adiantada ao Metrópoles pela secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, na última sexta-feira (17/12).

“Tem um processo, que está na Secretaria de Economia, aguardando a questão orçamentária — suplementação, porque esse impacto é diretamente na folha do GDF —, mas já encontra-se na Economia exatamente aguardando essa autorização para que a gente possa fazer novo concurso”, revelou a gestora da pasta.

FONTEMetropoles
Artigo anteriorGDF lança processo seletivo para bolsas em curso superior para servidores públicos e sociedade civil
Próximo artigoFalso servidor do GDF é investigado após vender emprego por R$ 3,8 mil