Veja distribuição das 2,4 mil vagas de emprego em hospitais e UPAs do IGESDF

8768


Print Friendly, PDF & Email

O local com mais postos de trabalho é o HRSM, com 1.190. O Hospital de Base vem em seguida, com 701. Para as UPAs, estão previstos 529

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF) divulgou, nesta terça-feira (14/05/2019), como será a divisão das 2.420 vagas para os hospitais de Base e Regional de Santa Maria (HRSM), além das seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) anunciadas pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) na segunda-feira (13/05/2019).

O diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, explicou que a ideia é contratar todos os profissionais até julho. São mais de 40 cargos. Também será formado cadastro de reserva.

“É um processo seletivo com critérios, como uma empresa contrata. Evidentemente que o forte do serviço público é o concurso, e o servidor é o maior patrimônio, mas não há tempo de fazer concurso e só em três meses saírem os chamamentos enquanto a população está agonizando”, disse o gestor, ao justificar a não realização de concurso público.

O local com mais postos de trabalho é o HRSM, com 1.190 vagas. O Hospital de Base vem em seguida, com 701. Para as UPAs, estão previstas 529.

Publicidade

Segundo o instituto, Os editais para os interessados serão disponibilizados em breve no site do Iges-DF. As inscrições poderão ser feitas até domingo (19/05/2019), na aba “Processo Seletivo”. Basta clicar no área de interesse, onde todas as informações estarão disponíveis.

Vagas
Para o HRSM, são 1.190 oportunidades. Dessas, 280 são para técnico de enfermagem, 190 para enfermeiro e 127 para médico plantonista.

Para o Hospital de Base, são 701 vagas, sendo a maioria para técnico de enfermagem (255), enfermeiro (55) e clínico médico (36).

Já para as UPAs, são 529 oportunidades, sendo o maior volume para técnico de enfermagem (152), enfermeiro (76) e médico plantonista 53).

As contratações serão feitas pelo regime de Consolidação de Leis do Trabalho (CLT), sendo que a prioridade será para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A meta é convocar, ainda em maio, os profissionais para o Hospital de Base.

A partir de junho, devem começar a ser admitidos os profissionais atuar nas UPAs e no HRSM, a depender da assinatura do contrato de gestão com a Secretaria de Saúde do DF, quando a administração dessas sete unidades será completamente transferida para o Iges-DF.

Veja as 1.190 vagas para o HRSM:

Eric Zambon/Metrópoles
ERIC ZAMBON/METRÓPOLES

Para o Hospital de Base, serão 701 vagas, conforme o quadro a seguir:

Eric Zambom/Metrópoles
ERIC ZAMBOM/METRÓPOLES

Já para as UPAs, estão previstas 529 vagas:

Eric Zambon/Metrópoles
ERIC ZAMBON/METRÓPOLES

Seleção
O Iges-DF conta com equipe de seleção própria. A primeira fase é a de recrutamento de candidatos. A segunda é destinada a avaliações de natureza técnica, sendo que podem ser feitas avaliações específicas de conhecimentos.

A terceira fase é destinada a avaliações de competências comportamentais. As etapas são realizadas respeitado o perfil do cargo em seleção.

Durante quatro meses, o Iges-DF utilizará um novo espaço para fazer recrutamento e seleção. São três salas que foram disponibilizadas pela Escola de Governo (Egov), que fica próxima ao Palácio do Buriti.

O local recebeu melhorias como iluminação, reparos gerais e mobiliário. Uma das salas é equipada com mesas, computadores, impressoras, telefone e internet para abrigar os profissionais da equipe de Recursos Humanos que atuarão na seleção dos candidatos. As demais serão usadas para fazer dinâmicas e aplicas testes para os candidatos.

A proposta é formar diariamente 16 turmas com 20 candidatos, totalizando 320 candidatos avaliados por dia por uma equipe composta por 35 profissionais.

Dados 
Atualmente, o Hospital de Base conta com 1.774 profissionais contratados por CLT, 1.863 servidores e 174 médicos residentes, totalizando 3.811 colaboradores. No Hospital Regional de Santa Maria, são 2.048 servidores.

Já o levantamento feito para as UPAs contabilizou 188 servidores na unidade de Ceilândia, 178 no Núcleo Bandeirante, 187 no Recanto das Emas, 156 em Samambaia, 154 em São Sebastião e 165 em Sobradinho. (Com informações do Iges-DF)

Fonte: Metrópoles