Metrô DF: Servidores sentam em lixeira. Ainda bem que as superbactérias não chegaram por lá

226
Print Friendly, PDF & Email

Além da falta de funcionários e o atendimento precarizado à população, reclamações constantes por parte do Sindicato dos Metroviários do DF (SindMetrô), os servidores do Metrô DF agora convivem com outro problema.

fotos2

Para garantir o atendimento aos usuários do serviço os servidores agora precisam improvisar. O caso foi flagrado em uma das Estação da Asa Sul (não revelado por causa das mordaças do GDF), onde uma atendente, para trabalhar, teve que se sentar em uma lixeira, por falta de cadeiras naquela unidade.

Além de enviar o flagrante ao blog Política Distrital, a fonte que  prefere não ser identificada, reclama da gravidade do problema: “O descaso do GDF para com os servidores e a precarização da estrutura só aumenta o índice de absenteísmo nos quadros do governo. A escala de trabalho atual chega a ser imoral, isso por causa a falta de funcionários e. Apenas na quarta-feira (10/Jun), 52 atestados foram apresentados por servidores.”, reclamou.

Um bom conselho

Em algumas unidades de saúde, casos já denunciados no blog Política Distrital, demonstram a existência não só de cadeiras mas de outros mobiliários novos que estão envelhecendo em subsolos e locais inadequados. Que tal o GDF fazer alguns remanejamentos? A Secretaria de  Estado de Saúde do DF pode ajudar a de Mobilidade.