Exclusivo: Baixo estoque de medicamentos e insumos no Hospital de Base revelam fragilidade da gestão da Saúde no DF

Print Friendly, PDF & Email

Maior hospital do DF, unidade atende população do DF, entorno e estados circunvizinhos para procedimentos de alta complexidade. Estoques baixos ou zerados, pós reposição de estoques, revela problemas de gestão da da Secretaria de Saúde

Por Kleber Karpov

Em 3 de janeiro, Política Distrital teve acesso a lista de pedidos, semanal, de insumos da farmácia do Hospital de Base do DF (HBDF). Os itens solicitados, à Administração Central da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), para abastecer o HBDF, o estoque, naquela data, revelava o nível de desabastecimento do hospital.

A documentação foi recebida de um servidor da SES-DF, com sigilo da identidade, a pedido. De acordo com o profissional de saúde, lotado no HBDF, a situação está insustentável, o que atribui a falta de gestão por parte do GDF, a alertou para um perigo recorrente em manchetes de jornal.

“O que o governo tem feito com a saúde é um crime. Pessoas estão morrendo, por isso não dá para ser conivente”, disse.

Em falta

Da listagem de 176 insumos solicitados, 76,6%, equivalente a 98 itens, estavam com o estoque zerado. Entre os produtos em falta constam tubos endotraqueais, tubos extensores para aspiração, sondas de foley, catéters intravenosos,  drenos e conjuntos para drenagem mediastinal, equipos parenteral foroprotetor, agulhas anestésicas, agulhas hipodérmicas, ataduras de algodão e de crepom, compressas cardíaca e de gaze, kit com catéter para acesso venoso central, frascos para urocultura, filtro barreira hidrófobo para retenção de vírus/bactéria, cânulas endotraqueais, bolsas coletoras para armazenagem de descarte de grandes volumes de secreções.

Pós reposição

O blog monitorou ainda os estoques dos insumos, após a reposição, por parte da SES-DF. Após o abastecimento do HBDF, em 9 de janeiro, Política Distrital teve acesso a nova listagem dos insumosAo todo, 33 itens permaneceram com os estoques zerados.

De acordo com a fonte de Política Distrital, outros itens haviam acabado naquela ocasião e a reposição de estoque foi insuficiente para atender a demanda do HBDF.

“Não teve reposição de estoque nenhuma, considerável. Nesse momento, no centro cirúrgico do Base, acabaram as tocas e os pró-pés. Ou os médicos, equipe de enfermagem e pacientes providenciam tocas com panos ou sacos ou as cirurgias serão canceladas.”, disse.

10 dias depois

O blog, antes de publicar a matéria, teve a curiosidade de questionar a fonte se houve alguma mudança substancial desde a o recebimento da remessa em 9 de janeiro, isso por considerar que tais reposições são semanais. Porém, segundo o servidor, o estoque permanece crítico. “Todos os itens estão zerados. Hoje [20/jan] por sinal, estamos zerados em catéter de PAI e coletor de urina aberto e fechado. Além de tudo o que havia enviado antes.”, concluiu.

A outra parte

Na ocasião, Política Distrital questionou a SES-DF, sobre a falta de insumos na unidade, porém, não recebeu parecer da Secretaria sobre o assunto. O blog questionou ainda se o estoque de medicamentos estava em estado crítico. A Pasta se limitou a refutar o questionamento sem entrar em detalhes.

“A direção do Hospital de Base informa que é improcedente a informação de que o estoque dos medicamentos está em ‘estado crítico’. Além disso, a unidade recebeu medicamentos nesta terça-feira (03).

Medicamentos

Porém, além da falta de insumos, a fonte aponta também que a falta de medicamentos é constante. Entre os medicamentos com estoques zerados, em 9 de janeiro, após a reposição da SES-DF,  o blog obteve listagem em que constam: Atracúrio e Cisatracúrio, ambos utilizados para relaxamento muscular durante procedimentos cirúrgicos ou em Unidade de Terapia Intensiva (UTI); Insulina, Dexametasona, Lidocaína, Pantoprazol utilizado no tratamento de úlcera e refluxo gastro esofágico; Paracetamol, Rocurônio, Efedrina, Sulfato de Magnésio.

Retaliações

Para impedir qualquer possibilidade de reconhecimento da fonte de Política Distrital, em decorrência de possíveis retaliações da SES-DF, e no intuito de garantir total sigilo sobre a identidade do colaborador do blog e da população do DF, a pedido, o blog retirou a listagem, mesmo sem identificação da mesma.

Atualização 22/01/17 às 19h49

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Graduado em Jornalismo pelas Faculdades Icesp no DF; Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Diretor Administrativo da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política; Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto Quero Meu Carro de Volta (www.queromeucarrodevolta.com.br), lançado em 2012. Serviço de utilidade pública dedicado às vítimas de roubos e furtos de veículos em todo o país; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta, veiculado pela TV Gênesis, em todo o Brasil, Argentina, México, Espanha e parte dos EUA. Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 9606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário