Após reinvindicações do Sindate e deputado Jorge Vianna, SES revoga questionário de lotação para servidores cedidos ao IGESDF

Na noite de ontem, a Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) publicou uma circular revogando o cadastro de devolução dos servidores cedidos pela SES ao IGES. Visto que o IGES não enviou os dados solicitados pela pasta. Os únicos processos válidos serão aqueles que foram iniciados por parte e vontade do servidor.

Desde o início da divulgação de possível remoção dos servidores, o Sindate foi contra a forma de apresentação do processo de devolução e lutou para que os servidores que decidirem por ficar em suas unidades tivessem suas vontades respeitadas.

Em áudio divulgado nas redes sociais, o diretor do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate) Newton Batista comemorou a decisão: “ É uma vitória dos servidores, é uma vitória do Sindate. Deixamos os nossos agradecimentos a todos os servidores que atenderam os nossos chamados e levantaram clamor juntamente ao Sindate. Agradecemos também ao deputado Jorge Vianna que esteve ao nosso lado neste processo em que muitos não queriam sair do IGES.”

Publicidade

Por sua vez, o deputado Jorge Vianna (Podemos) afirmou: “ É importante ressaltar o trabalho que o Sindicato dos Técnicos em Enfermagem fez. Mobilizou a categoria, chamou a responsabilidade. Fui convidado por eles para participar de uma reunião na Santa Maria semana passada e na ocasião decidimos pela permanência dos servidores. Parabéns ao Sindicato e a todos os servidores que acreditaram no nosso trabalho.”

Diante dessa revogação, o Sindate vai prosseguir acompanhando de perto o possível processo de devolução dos servidores cedidos e sempre lutando pelo melhor cenário para os profissionais.

Leia a circular na íntegra:

FONTESindate-DF
Artigo anteriorCovid-19: força-tarefa recebe notícia sobre falta de equipamentos nas UBS e requisita informações
Próximo artigoButantan pede autorização para testar soro contra covid-19 em humanos