Ibaneis planeja 200 novos leitos de UTI até a próxima semana no DF

Pelo Twitter, governador do DF disse não ceder à pressão do setor produtivo e reforçou que, no momento, a prioridade é a vida da população

103

Print Friendly, PDF & Email

Por Caio Barbieiri

O governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou, nesta terça-feira (2/3), que o Distrito Federal deve habilitar mais 200 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) até a próxima semana.

Se concretizada, a medida servirá para que o titular do Palácio do Buriti flexibilize algumas ações restritivas que foram adotadas recentemente e atingiram o setor produtivo da capital federal.

Publicidade

Em publicação no Twitter, o emedebista também garantiu que não vai se render à pressão dos empresários. “Não sou muito suscetível à pressão. Eu tomo decisões com base na avaliação dos técnicos da Secretaria de Saúde. Na sexta, nós abrimos 60 novos leitos de UTI e, em 24h, 54 já estavam ocupados”, escreveu.

Segundo Ibaneis, a taxa de ocupações de leitos no Distrito Federal já havia reduzido. “Vamos acompanhar e tomar decisões com base nisso. Ninguém aguenta mais as restrições, mas a saúde vem em primeiro lugar. A capacidade de expansão de leitos é limitada. Temos condição de ampliar mais 200 novos leitos de UTI na próxima semana”, emendou.

Até o fim da semana passada, a previsão do GDF era de 150 novos leitos de UTI. Com a nova estimativa, outras 50 unidades foram incluídas no planejamento da Secretaria de Saúde.

Veja a publicação:

FONTEMetrópoles
Artigo anteriorCovid-19: DF registra maior taxa de transmissão em 2021
Próximo artigoJorge Vianna rebate ‘ataques’ de administrador e faz balanço de emendas à Samambaia