Alunos carentes de escola pública no Sol Nascente recebem tablets provenientes de destinação social do MPT-DF

20
Print Friendly, PDF & Email

O Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF), representado pela procuradora Marici Coelho de Barros Pereira, e membros da diretoria do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (SINPRO-DF) entregaram 90 tablets para alunos carentes do Centro de Ensino Fundamental 28, no Sol Nascente, na manhã desta quinta-feira (24/9).

A aquisição dos equipamentos foi possível em razão de destinação social promovida pelo Ministério Público do Trabalho, no valor de R$ 120 mil, em acordo firmado com a SBF Comércio de Produtos Esportivos Ltda. (Centauro). A juíza Vanessa Reis Brisolla, da 13ª Vara do Trabalho de Brasília, homologou a destinação.

A diretora da escola, Janaína Almeida, comemora o recebimento dos tablets. A educadora afirma que o equipamento é de suma importância para o pleno aprendizado dos estudantes. “Temos alunos muito carentes, mas empenhadíssimos. Há casos de famílias que tem seis filhos e apenas um celular em casa. Para que os meninos possam realizar suas tarefas, precisam esperar o pai ou mãe chegarem em casa para fazer as atividades, muitas vezes, durante a madrugada. Agora, com acesso à plataforma, eles têm condições de apresentar melhor desenvolvimento no ensino porque o professor está online para tirar dúvidas. Foi um presentão!”, destaca.

A procuradora Marici Coelho de Barros Pereira ressalta que a entrega dos tablets atende a uma demanda urgente, possibilitando que os alunos assistam às aulas remotas e realizem as atividades escolares a distância. “Essa destinação contempla a necessidade dos alunos da rede pública durante a pandemia do novo coronavírus e está alinhada à recomendação da Procuradoria-Geral do Trabalho, dentro de seu Plano de Ação Nacional de Combate ao COVID-19, do Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal, através do Grupo de Trabalho GT COVID-19, bem como do próprio Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região”, conclui.

Participaram da entrega dos tablets os diretores do SINPRO-DF Elineide Rodrigues, Luciano Matos, Mônica Caldeira e Samuel Fernandes.