Professores aprovados em concurso comemoram posse anunciada pelo GDF

O Deputado Jorge Vianna (Podemos) cobrou celeridade na nomeação dos concursados, com a retomada das aulas prevista para os próximos dias e necessidade de adaptação dos professores no ensino a distância durante pandemia do coronavírus

97
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

O governador do Distrito Feder, Ibaneis Rocha (MDB), prometeu dar posse a 821 professores aprovados em concurso, na próxima semana. A declaração foi feita pelo chefe do Executivo do DF, durante manifestação realizada em frente ao Palácio do Buriti nesta sexta-feira (26/06). Segundo o governador, os profissionais de ensino serão chamados na próxima semana.

“Eu tenho certeza que vocês vão prestar um excelente serviço ao Distrito Federal e eu tenho muita esperança que essa pandemia vai passar e a gente vai conseguir recuperar os dias perdidos. Então podem ficar tranquilos que na próxima semana, vocês vão ser chamados.”, disse Rocha.

O deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) também prestigiou os manifestantes com a presença no ato e comemorou o anúncio de Rocha.

Entenda o caso

Os 821 professores de Educação Básica aprovados já haviam sido nomeados e tiveram a posse suspensa devido a pandemia do novo Coronavírus, que suspendeu as aulas presenciais no DF.

Na terça-feira (23/jun), durante a sessão extraordinária da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Jorge Vianna, Enquanto presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da CLDF, cobrou do GDF, o empossamento dos professores, ressaltando que não faz sentido contratar professores temporários, com concursados aguardando a posse. Além disso, o deputado ressaltou a importância em dar celeridade no processo, já que os profissionais precisarão se adaptar ao formato online de ensino.

“Olha o prejuízo que nós e eles estão tendo. Porque semana que vem as aulas começam e eles não estão tendo a transição para que possam contribuir na Educação. Semanas atrás eu tinha pedido para que fossem empossados e pudessem fazer essa interação, juntamente com os efetivos para que pudessem começar juntos.”, ponderou.

Atualização: 26/06/2020 às 18h58