Ex-ministro de Temer, Leandro Cruz assume Secretaria de Educação do DF

É a segunda mudança no cargo em dois dias. Leandro Cruz foi secretário de Esporte e Lazer do DF

100
Print Friendly, PDF & Email

Ex-ministro de Esporte do governo de Michel Temer (MDB) e ex-secretário de Esporte e Lazer do DF, Leandro Cruz assumirá a Secretaria de Educação do DF.

É a segunda mudança no cargo em dois dias. Nessa quinta-feira (18/06), o então titular da pasta, João Pedro Ferraz, foi exonerado e Carolina Petrarca acabou escolhida para a função.

Carolina, contudo, declinou da nomeação, formalizada no Diário Oficial do DF (DODF) na noite dessa quinta-feira.

Cruz deixou a Secretaria de Esporte e Lazer do DF em 13 de maio de 2020 para dar lugar à deputada federal Celina Leão (PP). Ela foi nomeada para o cargo no mesmo dia da exoneração do antecessor.

Na manhã desta sexta-feira (19/06), a advogada Carolina Petrarca comunicou, pessoalmente, ao governador Ibaneis Rocha a decisão de declinar do convite para assumir a pasta.

Ela alegou que está satisfeita na atual função que lhe foi conferida desde o início do governo: o comando da Associação das Empresas de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal, que faz a interlocução do GDF com empresários do setor de transportes.

Mas há, ainda, uma questão que colaborou tanto para a saída de João Pedro do cargo quanto para o declínio de Carolina Petrarca do convite para assumir o posto: a abertura de licitação para terceirização do fornecimento de merenda escolar na rede pública de ensino. Um contrato estimado em R$ 375 milhões que despertou críticas no meio político, desconfiança entre servidores da pasta e anda mexendo com os humores de empresários interessados no negócio.

Perfil

Advogado ligado ao partido de Ibaneis, Leandro Cruz foi, entre 2006 e 2008, secretário de Trânsito, Transportes e Serviços Públicos de Nova Iguaçu (RJ), na Baixada Fluminense, período em que coordenou o desenvolvimento e a implementação de políticas voltadas à mobilidade urbana.

Cruz foi, ainda, assessor especial em órgãos como a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, além de ter sido assessor-chefe da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Ele também ocupou a assessoria do deputado federal Leonardo Picciani (MDB), ex-titular do ministério.

Em 2016, assumiu a Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), sendo responsável pela criação e o desenvolvimento de novas políticas públicas no âmbito do desporto educacional e de participação, bem como pela continuidade de ações e programas já consolidados.

Fonte: Metrópoles