Covid-19: MPDFT inspeciona hotel que recebe idosos em situação de risco

83
Print Friendly, PDF & Email

Para instituição, efetividade do programa depende do atendimento que será oferecido no volta dos idosos para casa

Representantes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) visitaram, nesta segunda-feira, 4 de maio, o Hotel Brasília Palace, onde estão hospedados 270 idosos que participam do programa “Hotelaria solidária”. A iniciativa pretende usar a rede hoteleira da cidade para abrigar pessoas idosas em situação de risco.

A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, explicou os protocolos seguidos para evitar que os idosos sejam contaminados e para que utilizem o tempo livre com atividades recreativas. Mais 30 pessoas ainda devem ser chamadas para participar do programa, o que completará a capacidade máxima do hotel.  No momento da visita, os hóspedes estavam sendo submetidos ao segundo teste de Covid-19. A inspeção restringiu-se à área aberta do edifício para evitar o contato direto com os idosos. A secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha, também acompanhou a visita.

WhatsApp Image 2020 05 04 at 14.29.59Até o momento, a Promotoria da Pessoa Idosa (Projid) não recebeu reclamações sobre o programa. “É uma iniciativa ousada. Avaliamos que seu êxito dependerá da continuidade do acompanhamento dessa população, não apenas durante o período da hospedagem, mas também após o término desse período, para que a volta dos idosos à família esteja associada à melhora efetiva da qualidade de vida de todos os participantes do programa”, afirmou a promotora de Justiça Maércia de Mello.

Para o procurador distrital dos Direitos do Cidadão, José Eduardo Sabo, coordenador da força-tarefa do MPDFT, “este é um trabalho que, necessariamente, deve ser integrado entre as pastas de Justiça e Desenvolvimento Social, visto que os mais vulneráveis merecem e precisam de toda atenção do Estado”.

Fonte: MPDFT