Hugo abre processo seletivo emergencial após ter mais de 130 funcionários afastados por coronavírus

Dos servidores, 56 tiveram diagnóstico confirmado para Covid-19 e 76 estão com suspeita da doença. Vagas são para enfermeiro, fisioterapeuta e técnico de enfermagem.

850

Print Friendly, PDF & Email

Por Vitor Santana, G1 GO

O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) abriu nesta segunda-feira (4) um processo seletivo emergencial para contratar profissionais após 132 funcionários serem afastados por estarem com coronavírus ou apresentarem suspeita de contaminação. As vagas são para enfermeiro, fisioterapeuta e técnico de enfermagem.

O edital está disponível no site da organização social que administra a unidade. Os interessados devem mandar o currículo e a documentação exigida pra o e-mail processoseletivohugo@ints.org.br

Publicidade

O edital não especifica quantas vagas estão disponíveis. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de maio. Os salários variam de R$ 2 mil a R$ 2.450.

O hospital está com falta de profissionais após o afastamento dos funcionários. Dos servidores, 56 tiveram diagnóstico confirmado e 76 aguardam resultado de exames.

Uma das suspeitas é que os profissionais tenham sido infectados ao terem contato com pacientes que estavam com a doença, mas ainda não tinham sido diagnosticados. A unidade não é referência para o tratamento da Covid-19.

A Secretaria de Saúde ainda investiga a denúncia de que um médico residente estaria trabalhando mesmo após a confirmação de ter contraído o coronavírus. O hospital disse que ele está afastado desde que apresentou os sintomas.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

Fonte: G1 GO

Artigo anteriorMais de 85% da população já usa máscaras no transporte público
Próximo artigoDF inicia terceira etapa da campanha de vacinação contra a Influenza Público-alvo são crianças, gestantes e puérperas