Operação Área Central registra cerca de 700 abordagens e 50 ocorrências durante a semana

46


Print Friendly, PDF & Email

Ação faz parte do Plano Estratégico do DF 2019-2060 que prevê, para a Segurança, a implementação de políticas de gestão integrada e operacionalização de serviços

As forças de segurança do Governo do Distrito Federal tiveram bastante trabalho em mais uma semana da Operação Área Central, cujo objetivo é o de reduzir índices criminais, desordens ambientais e sociais e combater o transporte e o comércio ilegais na área central de Brasília. A ação faz parte do Plano Estratégico do DF 2019-2060 que prevê, para o eixo temático Segurança, a implementação de algumas políticas específicas de gestão integrada e operacionalização de serviços.

De acordo com o relatório, 20 agências do GDF e as forças de segurança participam da ação integrada, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública. O efetivo e ações são distribuídos com base em dados estatísticos e manchas criminais produzidas pela Secretaria.

A Polícia Militar, por exemplo, apreendeu 14 adolescentes. Dois homens também foram detidos. Cerca de cem abordagens foram realizadas diariamente. Além do policiamento convencional, houve o reforço de 30 policiais diariamente e de tropas especializadas do Policiamento de Trânsito (BPTran), Batalhão de Policiamento de Cães (BPCães), Rotam e Patamo.

Durante a semana, um homem foi preso com mandados de prisão pela equipe noturna. “Após a atitude suspeita de um homem que passava pela Rodoviária do Plano Piloto, policiais o abordaram. Foi constatado que se tratava de um foragido da Justiça, com mandado de prisão expedido por ter cometido dois estupros no estado de Goiás. Ele foi encaminhado para a 5ª Delegacia de Polícia”, disse o comandante do 6º Batalhão, responsável pela área, major Claúdio Peres. Segundo o comandante, na manhã desta sexta-feira (14), policiaios apreenderam 2kg de drogas, principalmente maconha.

Publicidade

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) atuou com foco no combate ao transporte irregular de passageiros. Em alguns momentos, foram realizados patrulhamentos e operações de estacionamento para garantir a fluidez e ordenar o trânsito na região. Foram feitas 14 abordagens a veículos suspeitos de realizarem transportes irregulares. Três deles foram notificados – 21 autuações foram registradas, sendo a maioria por estacionamentos irregulares e uso de telefone celular ao volante.

A 5ª Delegacia de Polícia, responsável pela área, registrou 50 ocorrências nesta semana. Dentre elas, nove foram por furtos diversos, nove por uso e porte de drogas, quatro furtos de veículos e três furtos de celulares.

Plano Estratégico do DF 2019-2060

A operação terá a duração de seis meses e a primeira e segunda fases abrangem as imediações das Estações Rodoviária de Brasília e Interestadual, do Conic, Setor Comercial Sul, Torre de TV, Setores Bancários Sul e Norte, além do Conjunto Nacional (CNB). O Centro de Operações Integradas de Brasília (CIOB) dará suporte com a utilização de câmeras de vídeo monitoramento. O Plano Estratégico do DF 2019-2060 também propõe propõe um aumento de 30% nas operações integradas no Ciob.

Para o subsecretário de Operações Integradas, coronel Julian Pontes, a Operação é uma forma do GDF mostrar que prioriza o monitoramento feito pelo Centro e operações multiagências. “Uma única ação possui os eixos de segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço púbico e fiscalização. Assim, poderemos entregar à população do DF um ambiente sadio, seguro, limpo e organizado”, finalizou Pontes.

Fonte: Agência Brasília