Agilidade? Tomógrafos do Instituto HBDF estão quebrados há 15 dias

236
Print Friendly, PDF & Email

Denunciante aponta além do IHBDF, outras unidades com tomógrafos quebrados. SindMédico por sua vez questiona suposta agilidade de compras e manutenções, se ficaram apenas no discurso para convencer os políticos e a opinião pública a aprovarem projeto do Instituto

Por Kleber Karpov

Na terça-feira (28/Fev), Política Distrital (PD) recebeu denúncia, sob sigilo de identidade,  de um servidor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) que os dois tomógrafos do Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF) e outro do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) estão quebrados. Nos IHBDF há quinze dias e no HRAN, nesta semana. Ainda segundo o denunciante o tomógrafo do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) também está parado há duas semanas e no Hospital Regional de Sobradinho (HRS), falta técnico para operar o aparelho, no período noturno.

De acordo com o denunciante, com a falta dos equipamentos, os pacientes passam por transtornos, principalmente aqueles em estado grave. “Vc está sabendo q os dois maiores hospitais do DF estão com os tomógrafos quebrados?? HBDF e Hran. IHBDF não era p ser referência??? Pacientes graves estão ficando sem fazer tomografia computadorizada.(Sic)”. questionou.

Ainda segundo o servidor, com os tomógrafos quebrados, outros hospitais da rede, ficam impedidos de encaminhar pacientes em estado grave para a realização do exame. “Hospitais regionais estão sem poder mandar pacientes Para a Neurologia e neurocirurgia pois não tem tomografia.”.

Publicidade

Falta de gestão

Procurado, o presidente do Sindicato dos Médicos do DF (SINDMÉDICO-DF), Gutemberg Fialho, também recorreu ao mesmo argumento do servidor, ao questionar a agilidade anunciada pelo governo, em compras e manutenções, durante o período em que o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), ‘vendeu’ o IHBDF como solução para resolver o problema da Saúde do DF.

“Considerando que a gestão desse Instituto é remanecente e subordinada à Secretaria de Saúde, que permanece sem gestão, não é de se surpreender. Esse governo se utilizou de um discurso eleitoreiro de esse Frankestain que chamam de Instituto Hospital de Base iria agilizar os processos de contratações, manutenções de equipamentos e compra de medicamentos. Mas o que a população tem visto, desde o início do ano é mais do mesmo. Um hospital sem gestão, como o restante da Saúde, os pacientes penalizados sem receber tratamento adequado e a continuidade do aumento das mortes evitáveis. A gestão da Saúde do DF está ruindo, como também está o governo do senhor Rodrigo Rollemberg.”, disparou.

A outra parte

Questionada sobre os tomógrafos quebrados, por meio de nota a SES-DF informou que os dois equipamentos do IHBDF “estão em processo de concerto”. Segundo a pasta, os pacientes ainda devem ter que aguardar até o fim dar próxima semana, previsão de retorno de funcionamento dos aparelhos. “A previsão é que voltem a funcionar até o fim da próxima semana. As tomografias solicitadas estão sendo realizadas fora do IHB, com o apoio dos outros hospitais regionais.”.

Em relação ao tomógrafo do HRAN, a pasta alega que o equipamento está funcionando normalmente.

As informações sobre o tomógrafo quebrado no HRC e a falta de servidor para operar o equipamento no HRS, foram obtidas após a apuração da matéria junto a SES-DF. Por meio de fontes, lotadas nas respectivas unidades, PD conseguiu confirmar o aparelho danificado no HRC.
Sobre a falta de servidor em Sobradinho, fonte de PD, daquela unidade, afirmou que “toda noite tem técnico em radiologia, trabalhando no hospital”.

Atualização: 28/2/18 às 23h25

1

Comentário