Lançamento da campanha “Direitos Humanos Por Inteiro” é marcado por homenagem a ativistas assassinados

34
Print Friendly, PDF & Email

Marielle Franco, Dorothy Stang e outros ativistas foram lembrados durante solenidade; campanha conta com material didático sobre abrangência do tema, além de mapa da rede de apoio disponível

Pensada para combater a impressão de que Direitos Humanos privilegiam certos grupos, campanha educativa foi lançada na noite de hoje (25) na Câmara Legislativa do DF. Cartilha, série de conteúdos digitais e mapa da rede de apoio fazem parte da iniciativa.

Estiveram presentes no evento, realizado pelo deputado Distrital Fábio Felix, os deputados Federais Marcelo Freixo, Érika Kokay e Áurea Carolina, representantes de organizações internacionais, além de militantes e gestores que trabalham com a temática. Placas alusivas à data de assassinato de defensores dos direitos humanos foram colocadas nas cadeiras do auditório. Dorothy Stang, Matheusa Passareli e Marielle Franco, entre outras, foram lembradas.

“Obviamente nãos podemos falar de direitos humanos sem lembrar a luta de tanta gente que foi assassinada por defender a justiça social. Mas o nosso objetivo ao lançar essa campanha vai além: queremos que as pessoas saibam que todo mundo pode ser amparado do ponto de vista dos direitos humanos. Nós estamos falando da dignidade das pessoas, do direito a uma vida sem violência, sem preconceitos, com um meio ambiente saudável e com acesso adequado a serviços como saneamento básico, saúde, segurança”, destacou o presidente da Comissão de Direitos Humanos da CLDF, deputado Distrital Fábio Felix.

Deputado Federal e ex-presidente da CDH da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo atuou ao lado de Marielle Franco para que a Comissão de Direitos Humanos do estado trouxesse respostas efetivas para as necessidades da população. “Nesse momento de barbárie e de tanta banalidade do mal, fortalecer essa Comissão significa defender a Democracia e a justiça. Temos que ser muito firmes nesse propósito”, destacou Freixo. A deputada Federal Áurea Carolina destacou a importância da educação integral pelos Direitos Humanos. “Lutamos por uma cidade digna onde as pessoas possam se deslocar sem sofrer violência. Essa é uma tarefa que exige união e esforço educativo para lidar com tantas ideias equivocadas”, enfatizou.

Publicidade

Na ocasião foram anunciadas ações importantes para o fortalecimento da Comissão de Direitos Humanos da CLDF. Observatório da Militarização das Escolas; Protocolo de atendimento às pessoas que procurarem a CDH e a exigência de que determinados Projetos de Lei tramitem obrigatoriamente na Comissão foram algumas medidas apresentadas.

Afinal, a quem os Direitos Humanos protegem?

Fábio Felix destaca que, muitas vezes, as pessoas deixam de buscar ajuda por desconhecerem a rede de amparo e de proteção existente, além de uma compreensão limitada do que são esses direitos. “Os Direitos Humanos não foram pensados para privilegiar pessoas que cometem crimes, como leva a crer o senso comum. Eles existem para proteger todas as pessoas. Saúde, educação, segurança, mobilidade, são muitas as temáticas que devem ser tratadas pela perspectiva dos direitos humanos”, alega o parlamentar ao explicar que a campanha surgiu da necessidade de ampliar esse conceito, já que existe uma ampla rede de proteção que as pessoas não conhecem.

Fonte: Ascom Fábio Félix