Secretaria de Saúde do DF faz balanço de vacinação da Covid-19 e orienta pacientes e não caírem em golpes

35
Print Friendly, PDF & Email

A primeira fase de vacinação contra a Covid-19 tem como público-alvo os seguintes profissionais, da rede pública e privada, que estão na linha de frente no enfrentamento da pandemia: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas que atuam nas UTIs, cirurgiões-dentistas, psicólogos, nutricionistas, farmacêuticos, profissionais de laboratório, os administrativos que fazem a ficha de atendimento dos pacientes, vigilantes, profissionais de limpeza que atuam em hospitais e UBSs, profissionais do Samu e bombeiros que estão no atendimento pré-hospitalar, atuantes da atenção primária que acolhem os pacientes com sintomas respiratórios e outras categorias que lidam diretamente com os infectados pelo coronavírus.

Atenção: os profissionais de saúde que serão vacinados na primeira fase da campanha de vacinação são somente aqueles que estão atuando na linha de frente contra a doença.

Também serão contemplados, nesta primeira fase de vacinação, os idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência que vivem em unidades de acolhimento, cuidadores que atuam nessas instituições e povos indígenas.

Informações sobre a primeira fase da campanha de vacinação por público-alvo:

Profissionais que atuam na linha de frente na rede pública e no atendimento pré-hospitalar do Corpo de Bombeiros:
Os profissionais da rede pública de saúde que estão na linha de frente, seja na atenção hospitalar, na Atenção Primária e no atendimento pré-hospitalar do Samu e Corpo de Bombeiros, serão vacinados em 14 pontos de vacinação que funcionam em 14 hospitais públicos:

Hospital de Base;

Hospital Materno Infantil de Brasília;

Hospital Universitário de Brasília;

Hospital Regional da Asa Norte;

Hospital Regional de Brazlândia;

Hospital Regional de Ceilândia;

Hospital Regional do Gama;

Hospital Regional do Guará;

Hospital Regional de Planaltina;

Hospital Regional Samambaia;

Hospital Regional de Santa Maria;

Hospital Regional de Sobradinho;

Hospital Regional de Taguatinga;

Hospital da Região Leste (Paranoá).

A Secretaria de Saúde reforça que a população não procure essas unidades, porque neste momento será vacinado somente o público-alvo informado inicialmente. Para atender os idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de internação e povos indígenas, a Secretaria de Saúde irá disponibilizar seis equipes volantes para vacinação a fim de imunizá-los sem que haja necessidade de eles irem até um dos 14 pontos.

Profissionais que atuam na linha de frente em unidades da rede privada:

As unidades da rede privada deverão enviar à Secretaria de Saúde a relação com os nomes completos e CPFs de todos os profissionais que estão atuando na linha de frente a serem vacinados. A Secretaria de Saúde irá vacinar esses profissionais com equipes volantes nas respectivas unidades seguindo as listas recebidas pela pasta.

Profissionais do Hospital de Campanha da PMDF:

Os profissionais que atuam no Hospital de Campanha do Hospital da PMDF serão vacinados por equipes volantes da Região Centro-Sul.

Profissionais das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs):

A vacinação para os profissionais que atendem nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ocorrerá, de forma volante, nas próprias unidades por profissionais da Secretaria de Saúde.

Residentes que estão na linha de frente:

Os residentes que estão na linha de frente integram o público-alvo da vacinação e serão vacinados nas unidades hospitalares em que trabalham.

É importante ressaltar que a logística de distribuição nas regiões é de acordo com o número de unidades de cada local, por isso, regiões em que há mais hospitais podem ter a vacinação iniciada em horários diferentes.

O secretário adjunto de Assistência à Saúde substituto, Alexandre Garcia, alerta para as notícias falsas relacionadas à vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal. Veja o vídeo no link abaixo:

http://www.saude.df.gov.br/vacinacao-covid19-df/

Últimas notícias: