HMIB homenageia servidores que faleceram por Covid-19

Celebração com música lembrou dos três profissionais que partiram devido à doença

665
Print Friendly, PDF & Email

Por Leandro Cipriano

“Juntos vamos sofrer, e juntos vamos superar”. Foram as palavras da médica Kyola Vale, ao conduzir a celebração aos três servidores do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) que faleceram em decorrência da Covid-19. Jafé, Wellington e Joaquim foram homenageados pelos profissionais do hospital, nesta sexta-feira (31), ao som de músicas para alentar os corações daqueles que perderam amigos queridos durante a pandemia.

Quando a pediatra Yana Gadelha, ao som de um violão, começou a cantar músicas como Imagine, de John Lennon, e A Paz, de Roupa Nova, não faltaram lágrimas nos servidores, que recordaram da passagem dos colegas que trabalhavam no Hmib.

Trechos como “devia ter amado mais, ter chorado mais”, da música Epitáfio, dos Titãs, e “vamos viver tudo que há pra viver, vamos nos permitir”, de Tempos Modernos, do Lulu Santos, também deram o tom do momento vivido pelos profissionais de saúde naquela ocasião.

Veja um trecho da homenagem em vídeo:

“A gente precisa cantar, mas cantar para restaurar. Não é um momento de festa, até porque estamos todos de luto. Mas para cuidar dessa emoção sofrida que está dentro da gente, passamos pela dor coletivamente, porque isso nos dá força”, desabafa Kyola.

Durante a celebração, a profissional emocionou-se quando cantou trechos da música Naquela mesa, de Nelson Gonçalves. Versos da letra como “essa dor tão doída não doía assim” também emocionaram a médica Suzana Reis, referência técnica da emergência de Pediatria e uma das organizadoras da homenagem.

Para ela, a celebração é um momento de reflexão sobre a Covid-19 e as vítimas que a doença trouxe. “Completamos cinco meses vivendo a pandemia, então decidimos fazer essa celebração. Três servidores do Hmib se foram, mas também 25 pediatras já faleceram em todo o Brasil devido à Covid-19. Por isso é uma forma de também homenageá-los. Até porque segunda-feira passada foi o Dia do Pediatra”, recordou Suzana Reis.

Ao final da celebração, balões brancos foram soltos pelos servidores como uma forma de despedida.

Os profissionais

Jafé era um dos motoristas do Hmib, enquanto Wellington trabalhava como técnico no laboratório do hospital e Joaquim era supervisor da segurança da unidade.

A cerimônia contou com a presença de aproximadamente 40 colegas de trabalho dos homenageados. Eles dividiram-se entre os funcionários que já tiveram Covid-19 e os que não foram infectados. Todos que participaram do momento usaram máscaras.

Veja a galeria de fotos:

Hmib homenageia servidores que faleceram por Covid-19

Fonte: Agência Saúde DF