Hospital do Câncer em Brasília agora já é realidade

160


Print Friendly, PDF & Email

Com a intermediação do senador Izalci Lucas, depois de 4 anos, R$ 122 milhões em recursos, finalmente, serão liberados para a construção do tão esperado hospital do Câncer de Brasília. A boa nova foi dada pelo vice-presidente da Caixa Econômica Federal, João Eduardo Pacheco Dacache.

A construção do Hospital do Câncer no Distrito Federal é uma demanda antiga da população do DF que foi adotada pela bancada como prioridade na destinação de recursos. Depois de muito vai e vem para correção dos projetos enviados pelo GDF à Caixa Econômica, responsável pela aprovação e liberação dos recursos, o Hospital do Câncer vai, enfim, sair do papel. Para o senador Izalci, coordenador da bancada e ferrenho defensor do hospital, os recursos destinados ao DF não podem ser perdidos. “Lutamos por obras que favorecem a qualidade de vida da população e que precisam ser realizadas, afirmou o senador. “Foram quatro anos de luta constante para não perdermos os recursos. Agora é o GDF abrir a licitação e tocar a obra”, completou Izalci.

Em 2016, a Bancada do DF apresentou uma emenda no valor de R$ 122 milhões para a construção do Hospital do Câncer. Começava ali uma novela que parecia não ter fim para que os recursos fossem disponibilizados. Diversas reuniões foram realizadas e articuladas pelo senador Izalci Lucas, com representantes da Caixa Econômica e do governo do Distrito Federal, para resolver pendências judiciais, e outras, tais como falta de documentação, que estavam causando entraves no processo. A luta começou com Izalci na Câmara dos Deputados na legislatura passada. Só neste seu primeiro ano como senador, foram várias reuniões realizadas para acertar o projeto e a documentação necessária. Para Izalci, a luta valeu. “Salvamos os recursos. Tivemos um final feliz”, comemorou.

Fonte: Ascom Izalci Lucas