Fraga será candidato ao GDF com apoio de Frejat e Izalci sai ao Senado

349


Print Friendly, PDF & Email

O deputado federal Alberto Fraga (DEM) vai disputar o Governo do Distrito Federal. Terá o apoio do ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR). Na composição da chapa majoritária, está o também deputado federal Izalci Lucas, do PSDB, que sairá para o Senado.

O acordo foi fechado na tarde desta terça-feira (31/7) na casa do deputado distrital Agaciel Maia, que é o líder do governo na Câmara Legislativa. Estavam presentes os distritais Bispo Renato e Sandra Faraj, além do federal Laerte Bessa. Todos do PR. A composição tem apoio do presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto.

A foto em destaque foi tirada no momento em que Frejat declarou seu apoio à aliança, quando o grupo esteve na casa do ex-secretário.

“É claro que a chapa pode contar com a minha força e o meu apoio. Farei o que estiver ao meu alcance para ajudá-los”, disse Jofran Frejat à coluna logo após receber a visita de Fraga e Izalci.

O deputado federal Alberto Fraga (DEM) comemorou a indicação: “Já fui testado na majoritária e provei que tenho muitos votos. Vamos mostrar que o dinheiro não compra tudo, não”. Fraga fez clara referência ao poder aquisitivo de Ibaneis Rocha, que também foi lançado ao Buriti recentemente. No último sábado (28), o presidente do MDB no DF, Tadeu Filippelli, anunciou o nome do advogado e ex-presidente da OAB como cabeça de chapa numa composição com o PP e o Avante.

Publicidade

Enquanto Frejat era o candidato, o PR tinha um acerto com o MDB. O primeiro partido lançaria o cabeça de chapa e o segundo, o vice. O racha ocorreu após a desistência do médico de concorrer ao GDF em outubro.

A grande surpresa desta conjunção seja talvez a decisão de Izalci em abrir mão de ser o candidato ao governo. Há quase dois anos, o parlamentar tem mantido o discurso de que não aceitaria outro posto. Enfrentou forte resistência dentro do próprio partido. E, até poucas horas antes desta composição, integrantes de seu grupo ainda trabalhavam com a ideia de que ele insistiria até o fim na candidatura à chefia do Executivo.

Pois abriu mão, permanece na majoritária, mas agora por um assento no Senado Federal. “Não adianta sonhar sozinho. Temos que buscar uma forma de as coisas acontecerem”, pontuou Izalci. O deputado federal agradeceu o apoio de Frejat e disse esperar do ex-secretário um engajamento ativo durante a campanha.

Colaboraram: Manoela Alcântara, Isadora Teixeira e Suzano Almeida

Fonte: Metrópoles