Partidos começam a definir nomes para possível sucessão de Rollemberg

Print Friendly, PDF & Email

Izalci Lucas e Eliana Pedrosa consolidam nomes na disputa ao GDF

Por Kleber Karpov

Dia movimentado e de muitas reuniões, nesta quinta-feira (28/Jun), os partidos políticos começam a definir nomes que devem disputar a sucessão ao governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB). Com as novas definições, se somam a Jofran Frejat (PR), General Paulo Chagas (PRP), Wanderlei Tavares (PRB), Alexandre Guerra (NOVO), Fátima de Souza (PSOL), a consolidação dos nomes do deputado federal, Izalcy Luycas (PSDB), Eliana Pedrosa (PROS) na corrida rumo ao Buriti.

Publicidade

Terceira via

A Frente Mista chegou a divulgar nota sobre a composição entre o PRB, PSDB, PPS, PATRIOTA, PSC, DC e PSD que convergem para a manutenção do nome de Izalci Lucas como pré-candidato ao GDF.

Reprodução/Metrópoles

Porém, o pré-candidato ao GDF Wanderlei Tavares informou ao Política Distrital (PD) que continua com nome lançado a pré-candidatura, embora ainda dependa de definição da Frente Mista.

O presidente do PATRIOTA, o advogado Paulo Fernando Melo, por sua vez, afirmou em entrevista ao programa Panorama Político na Rádio Federal, que procura uma nova noiva. Para Paulo Melo, após 40 dias de tentativa de se definir o nome, esgotou a paciência e com isso a legenda deve buscar uma nova composição.

“Após inúmeras e intermináveis reuniões, em que hoje seria o chamado ´dia D´, não houve entendimento em relação aos cargos majoritários, governador, vice e senado, e nós do Patriotas, em face a isso, comunicamos que estamos livres agora para procurar o melhor caminho que melhor nos aprouver.”, declarou ao observar que saiu antes de a reunião acabar e que não assinou nenhuma nota: “Estamos por hora fora”.

Quarta Via

Também se consolida a fusão entre PTB e PROS com as definições dos nomes de Eliana Pedrosa e Alírio Neto para governador e vice, respectivamente. Tal definição ocorreu, também, na noite desta quinta-feira (28/Jun).

Reeleição

Matéria publicada pelo CB Poder, do Correio Braziliense anuncia que o chefe do Executivo ganhou “um importante aliado” ao se referir ao apoio do REDE SUSTENTABILIDADE à tentativa de reeleição de Rollemberg. Decisão essa homologada pela presidente do partido, Marina Silva, em que o deputado distrital Chico Leite, deve disputar uma vaga para o Senado Federal.

Artigo anteriorCLDF aprova prioridade a mulher vítima de violência doméstica na Política Habitacional
Próximo artigoLiminar suspende proibição do uso de refeitório por policiais civis em escolta hospitalar