DF realiza primeiro transplante duplo de fígado e rim

180
Print Friendly, PDF & Email

Procedimento bem sucedido foi realizado pelo ICDF em paciente de 27 anos que possui doença genética rara

Por Ailane Silva

Uma única cirurgia de transplante devolveu ao paciente T.B.P, de 27 anos, dois órgãos vitais, um rim e um fígado, no último sábado (5). Considerado um sucesso, o transplante duplo foi o primeiro realizado na história do Distrito Federal e ocorreu no Instituto de Cardiologia do DF (ICDF), conveniado à Secretaria de Saúde. O paciente está consciente e se recupera bem. Ainda não há previsão de alta.

“Essa cirurgia pioneira mostra que o Distrito Federal está evoluindo e o sucesso do transplante, que teve grande complexidade, é a resposta da competência da equipe para atender perfeitamente as necessidade de atendimento dos receptores do DF”, avaliou a diretora da Central de Transplantes da Secretaria de Saúde, Daniela Salomão.

Foram 10 horas de cirurgia e participaram do procedimento pioneiro 23 profissionais, sendo oito médicos, 13 profissionais de enfermagem, dois anestesistas, além das equipes de capitação dos órgãos e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Realizar um transplante duplo consolida o ICDF como referência e confirma que estamos sempre entre as melhores equipes transplantadoras no país, com alta taxa de sobrevida dos pacientes”, disse a superintendente do instituto, Nubia Vieira, ao agradecer a parceria com o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde, órgãos que vêm se dedicando na ampliação do atendimento.

T.B.P sofria com insuficiência renal induzida por alterações metabólicas hepáticas em razão de uma doença genética rara, para qual ele fazia tratamento clínico. Além disso, um outro transplante de rim mal sucedido, realizado em 2002, deixou o jovem dependente de hemodiálise. Em julho desse ano, o nome dele foi reinscrito na fila para fazer o transplante duplo.

Estatística

No hospitais públicos e particulares do Distrito Federal, a Central de Transplantes da Secretaria de Saúde contabiliza, até novembro deste ano, 58 transplantes de fígado e 73 de rim. Também foram feitos 29 de coração, 487 de córnea, 54 de medula óssea, além de 150 de esclera (transplante do tecido do olho).

Atendimento ICDF

Os pacientes com indicação de transplante de coração, fígado, rim, córnea e medula óssea que têm interesse em ser acompanhado pela equipe do ICDF, ou buscam mais informações sobre o Programa de Transplantes do Instituto, devem agendar uma consulta através do telefone (61) 0800-644-1044 das 8h às 17h ou do correio eletrônico para transplanteicdf@icdf.org.br.

Fonte: Agência Saúde-DF