CLDF: Relator comparece à Comissão, mas pede que o PL seja votado direto no Plenário

Print Friendly, PDF & Email

Por Evely Leão

Sindicatos se reúnem novamente, nesta quarta-feira (03/05), para acompanhar a votação do Projeto de Lei 1486/2017, que autoriza o poder executivo a instituir o Instituto Hospital de Base do DF. A matéria seria o quarto item da pauta, no entanto, o relator do projeto, deputado Juarezão (PSB), pediu para que o PL 1.486/2017 fosse o primeiro item a ser discutido.

Na ocasião, o relator afirmou, que a Comissão de Educação Saúde e Cultura (CESC), havia perdido o prazo para votar o PL e, portanto, pediu ao presidente da Comissão, deputado Wasny de Roure (PT), que a matéria fosse encaminhada direto para o Plenário e incluída na ordem do dia.

O presidente Wasny de Roure, afirmou que não houve omissão por parte da Comissão para apreciação da matéria, e indeferiu o pedido do relator de encaminhar o PL para o plenário, uma vez que em todas as reuniões da comissão, as quais o relator em nenhuma delas esteve presente, a Comissão respeitou a sua ausência para que a matéria não fosse apreciada sem a presença dele.

De acordo como membro titular da comissão, deputado Raimundo Ribeiro (PPS), foi o próprio relator que deu causa ao atraso, e solicita para que o deputado Juarezão retire a proposta de encaminhar a matéria para o Plenário, pois não se coaduna com a postura do relator, enquanto deputado.

Sob vaias, o relator comunicou ao presidente da Comissão que iria recorrer da decisão e apresentaria um recurso ao plenário, se levantou da mesa e abandonou a votação. A deputada Luzia de Paula (PSB), para não dar quórum, também se levantou da mesa, e ambos deixaram a comissão.

O presidente tentou entrar em contato com os suplentes da comissão, no entanto, sem sucesso. Dessa forma, o PL ainda será discutido na próxima reunião ordinário da Comissão. A Cesc era a última comissão a qual o projeto faltava passar, e já havia tido 3 reuniões anteriores para que o projeto fosse apreciado, no entanto, em todas as reuniões, sendo duas ordinárias e uma extraordinária, o relator do projeto esteve ausente.

Revolta

Os trabalhadores e representantes de entidades sindicais ficaram revoltados com a falta de respeito do deputado, que além de ter faltado inúmeras vezes, há uma semana atrás, se comprometeu em ficar ao lado dos servidores da saúde, e com sua postura hoje na comissão, deixou ficou bem claro que não está ao lado do trabalhador.

Além do mais, o fato do relator ter solicitado que a matéria fosse encaminhada direto para o Plenário, sem a apreciação da Comissão, só prova que o governo não quer discutir.

Confira como foi a reunião assistindo a transmissão abaixo

Seminário

Nesta sexta-feira (05/05), às 9h, será realizado um Seminário convocado pelo presidente da Casa, deputado Joe Valle (PDT), para discutir sobre o PL 1486/2017. Todos estão convidados a participar, o seminário acontecerá no Plenário da CLDF e será aberto ao público.

Fonte: Sindate-DF

1