Sem Home Care, famílias de pacientes do DF estão em pânico

5
Print Friendly, PDF & Email

O serviço de Home Care público da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES/DF) foi cancelado para, pelo menos, 80 pacientes da capital federal, incluindo crianças. Segundo denúncia encaminhada ao Sindicato dos Médicos (SindMédico-DF), a suspensão do serviço ocorre devido à falta de pagamento aos técnicos de enfermagem.

“São 80 pacientes graves abandonados em suas casas”, relata a denúncia. O GDF estaria, agora, tentando alocar esses pacientes nos hospitais públicos do DF, que não possuem vagas devido à superlotação e o déficit de profissionais.

Segundo relatos, na madrugada desta segunda-feira, o Hospital Materno-Infantil de Brasília (HMIB) – que já sofre com o abandono, a superlotação e a falta de profissionais – precisou receber crianças entubadas, em estado grave, por conta da suspensão do serviço de Home Care.

“Alguma coisa precisa ser feita imediatamente, porque são pacientes entubados, que podem morrer se os cuidados adequados não forem prestados de maneira regular”, destaca a denúncia enviada ao SindMédico-DF.

Fonte: SindMédico-DF

0

Comentário