Pai Cidadão realiza exames de DNA gratuitos

Print Friendly, PDF & Email

Projeto da Defensoria auxilia a reintegração de famílias

Na próxima quinta-feira (25), a Defensoria Pública do Distrito Federal vai realizar mais uma edição do projeto Pai Cidadão, que proporciona às crianças que não tem o nome do pai na certidão de nascimento, a oportunidade de realizar o exame de DNA de forma gratuita. O projeto oferece também orientação jurídica e apoio psicossocial aos assistidos. O evento será realizado, das 9h às 15h, na Praça do Cidadão da Câmara Legislativa do DF.

Incluir o nome do pai no documento é o primeiro passo e tem extrema importância. E, o intuito maior é, com a comprovação da paternidade, promover a aproximação dos pais com seus filhos. “É importante o nome do pai na certidão até pra garantir direitos da criança, como a paternidade afetiva, o vinculo entre pai e filho e pensão alimentícia. E isso vai ter um significado até para as futuras gerações”, declara Camila Santos, psicóloga do Departamento de Atividade Psicossocial da Defensoria.

Esta já é a terceira edição do projeto realizado pela Defensoria Pública. Em 2015, cerca de 100 exames foram realizados. Para participar do Pai Cidadão, basta levar a certidão de nascimento da pessoa da qual se pretende verificar a paternidade, o RG e o comprovante de residência da mãe e do suposto pai, além de cópias dos respectivos documentos.

É indispensável que a mãe e o suposto pai estejam presentes e que comprovem não possuírem condições de arcar com os custos do exame. Além da realização dos testes, a população também poderá ter acesso à orientação jurídica de defensores públicos e psicossocial, com psicólogos e assistentes sociais. Se não for possível comparecer ao mutirão, a Defensoria Pública do Distrito Federal recebe os pedidos por meio do Departamento de Atividade Psicossocial, pelo telefone: (61) 2196-4376.

Serviço
Data: 25/08/2016
Horário: 9h às 15h
Local: Praça do Cidadão – Câmara Legislativa do Distrito Federal

0

Você pode gostar...

Comentário