Núcleo Bandeirante: Reunião de quê?

66
Print Friendly, PDF & Email

Essa é a pergunta que empresários, representantes de associações, parte do funcionalismo público da administração da Região Administrativa de Núcleo Bandeirante estão fazendo. Isso porque uma reunião convocada para as 19 horas, com ‘diversas finalidades aparentes’, foi cancelada enquanto os convidados chegavam. Mas assim por um acaso? Para entender o drama é necessário tentar remendar o retalhos. Além dos ilustres convidados, se fizeram presentes o chefe de gabinete, Rosenvelt Ferreira, e o Diretor Administrativo, senhor Dias, ambos da Administração de Vilela.

O motivo da reunião era confuso. Para alguns presentes a reunião foi convocada para que a comunidade de Núcleo Bandeirante pudesse indicar os nomes de três representantes, que seriam levados pelo administrador interino, Roosevelt Vilela, sendo que este por sua vez, levaria os nomes ao governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Para outros, o anfitrião, o servidor da RA, José Reinaldo, conhecido por Renato, faria um desagravo em desfavor aos nomes de Iroito Nakao, Jean Costa e Rogerio Ban Ban,  comissionados e amigos de Vilela.

A reunião, até então aberta à comunidade, findou com algumas presenças, aparentemente indesejadas, a exemplo do ex-administrador da cidade, Danúbio Martins, acabou com a festa, ou melhor, com a reunião. Os presentes só perceberam quando as caixas de refrigerantes recém entregues começaram a serem retiradas do recinto.

O blog Política Distrital questionou a  Renato o motivo do cancelamento da reunião: “Foi para não haver confusão.”, resmungou.

ADo lado de foram do salão comunitário, coube aos convidados, cerca de 50,  reclamarem da forma como a reunião foi conduzida, ou melhor, cancelada, todos com posições divergentes em relação ao motivo.

Publicidade

O lado bom da história foi a revelação do motivo real da reunião, buscar apoio para que o administrador Vilela, fosse indicado para ficar à frente da Administração da Cidade Nova, como é conhecida a RA Núcleo Bandeirante. Pelo jeito voltou as disputas pelas administrações regionais. Mas senhor Roosevelt, o senhor não mora em Candangolândia?

0

Comentário